PUBLICIDADE
Topo

Liga dos Campeões 2019/2020

Uefa zera cartões, e Neymar deixa condição de "pendurado" na Champions

Decisão da Uefa faz Neymar deixar status de pendurado para quartas de final da Champions  - Ricardo Nogueira/Eurasia Sport Images/Getty Images
Decisão da Uefa faz Neymar deixar status de pendurado para quartas de final da Champions Imagem: Ricardo Nogueira/Eurasia Sport Images/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

04/08/2020 14h06Atualizada em 06/08/2020 09h57

A Uefa anunciou hoje que, por causa da reformulação do formato da reta final da Liga dos Campeões desta temporada, zerou os cartões amarelos de todos os jogadores que vão disputar as quartas de final da competição.

Com a decisão, Neymar deixa de estar pendurado, zerando o risco de ficar fora de uma eventual semifinal em caso de classificação do PSG. Pela regra anterior, o brasileiro seria suspenso caso levasse um cartão amarelo nas quartas de final contra a Atalanta, uma vez que carregava dois cartões recebidos nas oitavas contra o Borussia Dortmund.

Em comunicado, a Uefa explicou que decidiu antecipar a medida, antes prevista para ocorrer antes das semifinais, por causa da redução do número de jogos em razão da pandemia do novo coronavírus. Em vez de duelos de ida e volta, tanto as quartas de final como as semifinais serão definidas em jogo único, em Portugal. A final também será realizada no país.

Além de Neymar, Juan Bernat também se beneficia da decisão pelo PSG e não atuará pendurado diante da Atalanta, no dia 12 de agosto. Já Angel Di Maria, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Borussia Dortmund, cumprirá suspensão automática contra os italianos.