PUBLICIDADE
Topo

Barcelona

Setién minimiza reunião com presidente e repercute 'raiva' de Messi

Setién aceitou declarações de Messi sobre nível da equipe, mas ressaltou "momentos muito bons" ignorados pelo atacante - Albert Gea/Reuters
Setién aceitou declarações de Messi sobre nível da equipe, mas ressaltou "momentos muito bons" ignorados pelo atacante Imagem: Albert Gea/Reuters

Do UOL, em São Paulo

18/07/2020 08h44

O técnico do Barcelona, Quique Setién, não vê sinais de que seu cargo esteja em risco após participar de uma reunião emergencial marcada pelo presidente do clube, Josep Maria Bartomeu.

Em entrevista coletiva antes do último jogo do Barça no Campeonato Espanhol, contra o Alavés, o treinador minimizou a gravidade do encontro e disse que situações do tipo são normais.

"É normal que haja reuniões desse tipo. A preocupação com a melhoria está aí. Tentamos encontrar soluções e as coisas vão mudando, era disso que se tratava reunião. Vamos nos concentrar na próxima partida [diante do Aláves] e depois focar na Liga dos Campeões, que espero que sejam muitas partidas", falou Setién.

"Vamos juntar os esforços e assumir a responsabilidade por não ganhar o Espanhol. Agora, temos um desafio atraente para o clube. Vamos tentar melhorar para ganhar a Liga dos Campeões", completou.

Ao ser questionado sobre a "raiva" de Messi, que criticou o nível recente da equipe, o técnico mostrou concordar com o argentino, mas ressaltou outro lado ignorado pelo astro do Barça.

"Há coisas em que concordamos e outras em que não, é normal. É verdade que se jogarmos tão mal como anteriormente, não vai dar para ganhar. A realidade é que também tivemos momentos muito bons e que eles podem nos dar motivos para vencer. O importante é que estamos cientes de que há muitas coisas a melhorar, todos nós. Devemos ser mais confiáveis e consistentes."

Barcelona