PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Autoridades culpam jogo de futebol por volta do coronavírus em Montenegro

Partida entre Partizan Belgrado e Estrela Vermelha reuniu muitos torcedores na Sérvia - Oliver BUNIC / AFP
Partida entre Partizan Belgrado e Estrela Vermelha reuniu muitos torcedores na Sérvia Imagem: Oliver BUNIC / AFP

Do UOL, em Porto Alegre

19/06/2020 08h32

Montenegro estava livre do coronavírus havia duas semanas. Porém, na quinta-feira registrou nove casos de contágio. Segundo autoridades do país, a volta da presença da doença ocorreu em razão de uma partida de futebol.

Ao jornal Times of India, Jevto Erakovic, responsável pelo principal hospital da capital, Podgorica, admitiu que espera ainda mais casos e afirmou que a volta da doença se deve ao 'comportamento irresponsável de algumas pessoas'.

De acordo com a publicação, moradores da cidade foram até a vizinha Sérvia para acompanhar a partida de futebol entre Partizan Belgrado e Estrela Vermelha, no dia 10 de junho. Foi o primeiro jogo com portões abertos depois do relaxamento das regras de isolamento social naquele país. Mais de 16 mil pessoas estiveram no evento.

"Está claro que a saída de nossos cidadãos para o clássico em Belgrado nos trouxe a situação que temos hoje", disse Erakovic.

Montenegro foi o último país europeu atingido pelo coronavírus e, em 2 de junho, se tornou o primeiro a se declarar livre da doença. Ao todo foram 620 mil casos com nove mortes.

Em 1º de junho, o país abriu suas fronteiras para locais que tiveram menos de 25 infecções por 100 mil habitantes. A Sérvia, porém, não está nesta lista.

Futebol