PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Flamengo tem vantagem física sobre rivais no Carioca após volta antecipada

Rafinha, lateral do Flamengo, realiza teste para coronavírus no CT - Alexandre Vidal  / CRF
Rafinha, lateral do Flamengo, realiza teste para coronavírus no CT Imagem: Alexandre Vidal / CRF

Alexandre Araújo e Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

17/06/2020 04h00

A escolha de retomar as atividades coletivas em seu centro de treinamento, mesmo quando ainda descumpria as recomendações da Prefeitura do Rio de Janeiro, agora traz uma vantagem física ao Flamengo em relação aos rivais neste provável retorno do Campeonato Carioca, amanhã (18), quando o Rubro-Negro enfrentará o Bangu.

O clube da Gávea foi o primeiro a voltar a treinar presencialmente entre as equipes da Série A da competição, algo que ocorreu no dia 20 do mês passado.

O segundo a retomar as atividades foi justamente o Bangu, adversário do Flamengo e que começou os treinos dois dias depois que o Rubro-Negro. O Alvirrubro contou com a ajuda da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) para realizar seus exames da Covid-19.

Botafogo e Fluminense, por exemplo, sequer voltaram a treinar presencialmente. A dupla é contra a sugestão de disputar o Campeonato Carioca em junho. O Alvinegro, porém, informou que iniciará seus treinos amanhã (18).

Cabofriense, Volta Redonda e Macaé começaram a treinar somente esta semana. Os dois primeiros são, supostamente, os adversários de Botafogo e Fluminense, respectivamente, neste retorno do Estadual.

Já o Vasco, que fez coro com o Flamengo pela volta da competição, retomou suas atividades no dia 1º de junho, após constatar 16 testagens positivas para a Covid-19.

Ferj nega pedido do Sindicato dos Atletas

Ontem (16), a Ferj negou um pedido do Sindicato dos Atletas que solicitava um período de, no mínimo, 15 dias de pré-temporada, assim que o Campeonato Carioca tivesse a data de retorno confirmada.

Flamengo está 'zerado' de Covid-19

Com testagens semanais, o Flamengo informou, por meio de nota oficial, que todos os exames desta semana deram negativo.

Na primeira bateria realizada há mais de um mês, antes da volta aos treinos no Ninho do Urubu, 38 dos 293 testes deram positivo.

Bangu também

Adversário do Flamengo, o Bangu, em seu último informe, garante que não há em seu quadro mais nenhum integrante transmissor da Covid-19, após 13 testarem positivo no primeiro exame (sete jogadores, três membros da comissão técnica e dois funcionários).

Futebol