PUBLICIDADE
Topo

Mauro Cezar: "Parece óbvio que alguns Estados voltarão ao futebol antes"

Do UOL, em São Paulo

13/05/2020 04h00

O futebol ainda deve demorar a voltar no Brasil devido à pandemia do novo coronavírus, mas por causa da diferenças em relação aos números de casos em cada Estado e também ao fato de os campeonatos estaduais ainda não terem sido concluídos, a volta poderá ser gradual e por região.

No podcast Posse de Bola #32, o jornalista Mauro Cezar Pereira opina que alguns Estados deverão ter o retorno do futebol mais cedo, citando casos como Rio Grande do Sul e Minas Gerais, em relação a São Paulo e Rio de Janeiro, onde há mais casos da Covid-19.

"Parece óbvio que alguns Estados vão voltar antes ao futebol, aos treinos porque são várias situações. O Brasil é muito diferente de um Estado para outro, de uma região para outra, então alguns terão possibilidades, condições mínimas antes de outros, acho que isso vai acontecer", afirma Mauro Cezar.

Apesar de ponderar que no momento não há condições de retornar por haver um crescimento no número de casos — reforçando o fato que há Estados que não foram tão afetados pelo vírus —, o jornalista compara a situação do Brasil com países europeus quando o assunto é o retorno do esporte.

"Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás, Bahia voltarão ao futebol antes, para falar dos clubes da Série A, em relação a São Paulo, Rio da Janeiro, Pernambuco e Ceará, por exemplo. O Ceará até sábado tinha 1.796 casos, mortes no caso, quase 1.800, um número assustador, por milhão de pessoas. Enquanto Minas Gerais tinha 150", explica o jornalista.

Na realidade, as mortes chegaram na quarta-feira (13) a 1.389, com 19.156 diagnósticos positivos para a doença, segundo dados oficiais.

"A diferença é grande, acho que cada Estado vai ter uma dificuldade diferente para voltar, mas é evidente que não é momento. No momento em que a curva começar a mudar, e é o que está acontecendo, eu vi na semana passada Madri, o hospital de campanha desmontado, porque não precisa mais, agora o sistema de saúde dos espanhóis vai conseguir dar conta, então, esse já atendeu, salvou pessoas, salvou vidas, agora desativa. Então, está voltando a treinar, mas estão em um outro estágio. Aqui não estamos neste estágio", conclui Mauro.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol