PUBLICIDADE
Topo

Fortalecimento e destaque já no 1º treino: conheça Moraes, joia do Santos B

Matheus Moraes comemora gol ao lado de Rodrygo no sub-15 do Santos - Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC
Matheus Moraes comemora gol ao lado de Rodrygo no sub-15 do Santos Imagem: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

09/04/2020 04h00

Se é preciso cair para aprender a levantar, o meia-atacante Matheus Moraes, do Santos B, já é perito no assunto. Ex-parceiro de Rodrygo nas categorias de base, o jovem de 19 anos, é considerado um dos maiores potenciais do Peixe, mas sofreu ao longo da curta carreira com gravíssimas lesões.

Para deixar as "quedas" no passado, o superintendente de futebol do Santos, William Thomas, ao lado do departamento médico santista, optou por tirar o atleta da Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano em ordem de realizar um trabalho específico no início de temporada, um fortalecimento para que chegasse 100% na reapresentação do Santos B.

"Eu tinha sentido uma lesão grau um na coxa. O Márcio [Zanardi, ex-técnico do time sub-20] queria que eu jogasse, pois eu era titular, mas o William Thomas ficou sabendo da minha história e viu que eu tinha progressão para estar no profissional em 2020. Ele preferiu que eu me preparasse mais. Dei meu máximo na recuperação e voltei 200% para o Santos B", explicou Moraes em entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

Mesmo com idade de sub-20, Moraes atua no time B para ficar mais perto dos olhares do técnico Jesualdo Ferreira e sua comissão técnica — que faz os treinos da equipe. O meia não precisou de mais que um treino para mostrar toda sua classe aos olhos dos portugueses.

"Logo no primeiro treino, a comissão do Jesualdo já gostou de mim, me viu com olhos diferentes. Conversaram comigo, disseram que eu era um jogador diferenciado e com projeção para estar no profissional neste ano. Souberam da minha história, estão me dando dicas sobre o que preciso fazer para não me machucar mais e querem me deixar forte para subir. Está sendo uma oportunidade incrível", contou o meia.

Reprodução
Imagem: Reprodução

Matheus Moraes surgiu como grande promessa do Santos em 2015, quando anotou 19 gols em 19 jogos no Paulista sub-15, sendo o maior destaque do quarteto ofensivo formado por ele, Rodrygo, Yuri Alberto e Lucas Lourenço.

No entanto, na terceira fase do Estadual naquele mesmo ano, Moraes sofreu a primeira lesão: ele rompeu o ligamento cruzado do joelho esquerdo. Após nove meses longe dos gramados, o meia retornou na metade de 2016, mas fez apenas nove jogos e sofreu mais um duro golpe: o rompimento do ligamento cruzado do joelho direito.

O retorno na metade de 2017 não foi o fim do drama da joia santista. Ele participou da goleada por 15 a 0 sobre o Jaquabara, quando Rodrygo fez seis gols e o próprio Moraes ajudou marcando outros dois. No entanto, foram apenas quatro jogos até o pesadelo retornar: Moraes rompia novamente o ligamento cruzado do joelho esquerdo.

Liberado no fim de 2018 para voltar a atuar, o meia deixou as lesões graves para trás e vem encantando. Se destacou no Brasileirão de Aspirantes no ano passado atuando pela ponta direita e continua mostrando sua categoria nos treinamentos.

O técnico Jesualdo Ferreira está de olho no garoto que é o favorito a se tornar o próximo Menino da Vila a ganhar uma oportunidade no time profissional.

O Peixe agiu rápido e já estendeu o contrato de Moraes no início deste ano. O meia-atacante assinou até junho de 2022, com multa rescisória de 100 milhões de euros (R$ 556,3 mi na cotação atual).

Santos