PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV


O Flamengo é heptacampeão brasileiro, defende Zico

Bruno Torelly, o Vegeta, e Zico em vídeo no YouTube - Divulgação
Bruno Torelly, o Vegeta, e Zico em vídeo no YouTube Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/03/2020 15h43

Quem é o campeão brasileiro de 1987? Para Zico, é o Flamengo. Presente no Fox Sports Rádio desta quarta-feira, o Galo recordou a polêmica edição do Campeonato Brasileiro e decretou que, com o título do ano passado, o Rubro-negro chegou ao heptacampeonato nacional.

"É heptacampeão. O Flamengo, na minha concepção, é o heptacampeão. Você lembra dos resultados dos jogos do Sport contra Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo, Inter, Grêmio, Atlético-MG, Cruzeiro, São Paulo, Corinthians, Palmeiras, Santos? Você lembra dos resultados desses jogos? Não vai lembrar, né? Porque não existiu. Na cabeça do Brasil inteiro, esses times são da primeira divisão ou da segunda?", opinou Zico, que completou:

"Eu acho que foi isso que aconteceu, uma questão de vaidade da direção, uma briga que teve, na época, entre o Márcio Braga e o Ricardo Teixeira e, infelizmente, aconteceu toda essa bagunça. A CBF não queria fazer o campeonato, os clubes resolveram fazer e, quando a CBF viu que estava rendendo muitos frutos, criou um sistema meio doido".

Afirmando não ter nada contra o Sport, o Galinho sugeriu que cada clube fique com a sua verdade:

"Esse título, desculpe, mas ninguém tira de mim não. Não tenho nada contra o Sport, todas as vezes que eu fui lá, sempre fui muito bem recebido. Acho que eles estão no direito, porque as pessoas passaram para eles essa verdade. Então, que fiquem com a verdade deles que eu fico com a minha".

Relembre o caso:

Na ocasião, a CBF sofria com crises financeiras e institucionais e relegou aos próprios clubes a missão de organizar o campeonato nacional. O movimento culminou na criação do Clube dos 13, com Atlético-MG, Bahia, Botafogo, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo e Vasco, que disputariam um torneio entre eles chamado Copa União. A CBF interferiu, apostou em uma composição com Santa Cruz, Goiás e Coritiba e criou o Módulo Amarelo, outro pelotão de times em que os vencedores cruzariam com os dois primeiros colocados entre os times de maior torcida, o Módulo Verde.

O Clube dos 13, no entanto, disse que não disputaria o cruzamento e a CBF afirmou que haveria cruzamento. No meio das discussões, Eurico Miranda, que era representante do Clube dos 13 na CBF, aceitou o acordo e assinou o regulamento com cruzamento dos módulos para definir o campeão nacional de 87. Os clubes não aceitaram e mesmo assim o torneio se desenrolou.

O Flamengo venceu o Internacional por 1 a 0, foi campeão da Copa União, o chamado Módulo Verde, em 13 de dezembro de 1987, e afirmou que não haveria cruzamento. No mesmo dia, Guarani e Sport dividiram o título do Módulo Amarelo porque a final foi para os pênaltis e terminou 11 x 11. Os dois clubes vislumbravam o cruzamento com Internacional e Flamengo para decidir o campeão nacional da temporada. A CBF marcou as datas, mas os clubes do Módulo Verde não compareceram e os do Módulo Amarelo se classificaram e depois se enfrentaram em uma final. O Sport venceu e a CBF o proclamou campeão brasileiro de 1987.

UOL Esporte vê TV