PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Mesmo 'rico', Flamengo se solidariza com rivais e apoia reduções salariais

Gabigol, Everton Ribeiro e Vitinho com a taça da Recopa Sul-Americana conquistada pelo Flamengo - Thiago Ribeiro/Agif
Gabigol, Everton Ribeiro e Vitinho com a taça da Recopa Sul-Americana conquistada pelo Flamengo Imagem: Thiago Ribeiro/Agif
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo, Belo Horizonte e Aracaju

25/03/2020 04h00

Mesmo com situação financeira confortável em relação aos rivais, o Flamengo vem se solidarizando com o pleito dos clubes de redução salários e participando das reuniões entre dirigentes. Cartolas representantes de três clubes da Série A afirmaram à De Primeira que existia um temor de que o Flamengo pudesse, pela solidez financeira, acabar se distanciando ainda mais dos adversários com a crise causada pelo coronavírus.

A solidariedade do Rubro-Negro, mesmo sem tomar as frentes nas negociações, causou surpresa e alívio entre os outros cartolas. A proposta atual dos clubes tenta reduzir os vencimentos dos atletas em 25%, após um período de férias entre os dias 1º e 20 de abril. (Por Pedro Lopes)

UOL de Primeira