PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: Neymar e Thiago Silva voltam ao Brasil e buscam isolamento

Neymar comemora com Marquinhos o gol que abriu caminho para classificação do PSG - Getty Images
Neymar comemora com Marquinhos o gol que abriu caminho para classificação do PSG Imagem: Getty Images

João Henrique Marques e Pedro Lopes

Do UOL, em Paris e em São Paulo

18/03/2020 14h07

Em meio a pandemia do coronavírus, Neymar e Thiago Silva decidiram deixar Paris e retornar ao Brasil, onde adotaram medidas de isolamento. Os retornos foram confirmados ao UOL Esporte por pessoas ligadas ao PSG e aos dois jogadores brasileiros. Ambos treinam por conta própria e evitam contato público em suas residências.

No caso de Neymar, o estafe do atacante prefere não revelar sua localização para preservá-lo e permitir que permaneça em isolamento seguindo uma rotina de treinamentos. A família do jogador tem imóveis em São Paulo, Bahia e Rio de Janeiro. O camisa 10 da seleção e do PSG vem mantendo uma postura discreta. Nas redes sociais, está sem atividade nas últimas 48 horas.

A decisão de retornar ao Brasil aconteceu quando o PSG mudou a postura com relação ao programa de treinos. Inicialmente foi prevista uma pausa de dez dias. Mas, com o agravamento da situação na França, o clube comunicou que a suspensão das atividades é por tempo indeterminado. Já a Ligue 1 anunciou nesta quarta-feira que o Campeonato Francês não será reiniciado antes do dia 12 de abril.

A alteração acontece por conta do posicionamento rígido do Governo Francês no combate à epidemia. Toda a população foi colocada em confinamento desde terça-feira por um período mínimo de 15 dias. Os franceses só podem sair às ruas de posse de um documento escrito que justifique o motivo.

Marquinhos, outro brasileiro do PSG, permanece em Paris com a família. O jogador e a mulher Carol Cabrino têm filho recém-nascido e estão com outros familiares em casa.

Futebol