PUBLICIDADE
Topo

Abel Braga não é mais treinador do Vasco

Abel Braga não é mais técnico do Vasco da Gama - Thiago Ribeiro/AGIF
Abel Braga não é mais técnico do Vasco da Gama Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Bruno Braz e Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

16/03/2020 14h55

O técnico Abel Braga não é mais o treinador do Vasco. Após uma reunião com o presidente do clube, Alexandre Campello, e a cúpula do futebol cruzmaltino, chegou-se a um consenso de não dar mais continuidade ao trabalho.

"Como falei na minha última coletiva, depois do jogo contra o Goiás, gosto muito do Vasco, do presidente, dos jogadores, da torcida e do ambiente de trabalho. Mesmo com a crise financeira, jamais faltou dedicação e entrega. Mas as coisas não estão acontecendo da forma como imaginamos. Assim, num momento em que os campeonatos estão parados por motivo de força maior, saio para que o clube encontre um profissional que tenha tempo para trabalhar e tentar os ajustes necessários. Fica o meu agradecimento a todos", disse o treinador em comunicado divulgado por sua assessoria de imprensa.

Abel já vinha sendo vaiado pela torcida vascaína desde o primeiro jogo da temporada e cogitou pedir demissão na semana passada, após a derrota para o Goiás por 1 a 0 pela Copa do Brasil, mas foi convencido a permanecer. Porém, o novo revés, diante do Fluminense por 2 a 0 na Taça Rio, acabou sendo preponderante. Na ocasião, sua estratégia de poupar titulares foi criticada internamente.

O aproveitamento de Abel Braga no Vasco foi de 40,4%, com quatro vitórias, cinco empates, cinco derrotas e apenas oito gols em 14 jogos.

Com ele, o time foi eliminado na primeira fase da Taça Guanabara, se classificou para a terceira fase da Copa do Brasil e a segunda fase da Copa Sul-Americana. Na Taça Rio a classificação para as semifinais já é considerada improvável.

Barroca prestigiado

A diretoria cruzmaltina já estuda nomes no mercado para uma reposição. Um nome que tem agradado e ganhado força é o de Eduardo Barroca, atualmente no Coritiba, com passagem de destaque no Botafogo e velho conhecido em São Januário, quando foi auxiliar-técnico do clube, em 2015.

Outras correntes fazem lobby pelo também ex-alvinegro Jair Ventura. Há ainda os que defendem uma oportunidade ao auxiliar-técnico fixo Ramon Menezes, ex-jogador e ídolo do clube que está na função desde o ano passado. No início de 2020 ele concluiu um dos módulos do curso de treinadores da CBF.

Ramon, a princípio, comandará as atividades da equipe de forma interina.

Vasco