PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Inter faz jogo menos intenso do ano e repete cenário na Libertadores

Divulgação/Internacional
Imagem: Divulgação/Internacional

Do UOL, em Porto Alegre

20/02/2020 04h00

Classificação e Jogos

Empate sem gols em Santiago, empate sem gols em Ibagué. O caminho do Internacional rumo à fase de grupos da Copa Libertadores tem um novo capítulo que começa muito parecido com o anterior. Ao ficar no 0 a 0 com o Deportes Tolima, na Colômbia, o clube gaúcho volta a jogar a decisão para o jogo em Porto Alegre. O asterisco é que a atuação, desta vez, ficou abaixo do padrão da temporada.

De acordo com análise do Footstats, o desempenho do Inter contra o Tolima foi menos intenso de 2020. A avaliação leva em consideração ocorrências coletivas e individuais da partida.

O site especializado em estatísticas aponta que o Internacional fez menos desarmes que o time colombiano e apenas um deles no campo adversário. E apesar da posse de bola superior, acumulou maior troca de passes na defesa. Entre Victor Cuesta e Damián Musto.

"Às vezes vejo que ressaltam mais a falta de profundidade, contundência, mas não falam que houve mudança de postura. O time tem a bola, fica no campo adversário e sempre tenta jogar dentro do campo adversário", contrapôs Eduardo Coudet, treinador do Internacional. "Nosso time teve mais conclusões, mais escanteios, mais posse de bola que o adversário", completou.

O Inter encerrou o duelo com 60,9% da posse de bola e, no segundo tempo, criou três chances de gol. Todas em chutes de fora da área — com Marcos Guilherme, Boschilia e Bruno Fuchs.

Roteiro repetido

Na fase anterior, o Inter empatou com placar fechado diante da Universidad de Chile e conseguiu classificação em casa ao vencer por 2 a 0. Na próxima semana, o time de Eduardo Coudet também precisa ganhar no estádio Beira-Rio para continuar na competição.

"Quando a gente joga em casa joga mais solto. Com mais chegada. Conhecemos bem nosso campo, ele é favorável. Às vezes o campo é mais duro, mais fofo. Mas a gente conhece bem nosso gramado", opinou Paolo Guerrero.

A dualidade do empate em 0 a 0 fora de casa é grande. Ao mesmo tempo em que depende de vitórias simples, o Internacional corre o risco de ser eliminado em eventual placar igual com gols. Pelo saldo qualificado.

Fora da final do primeiro turno do Campeonato Gaúcho, o Inter tem a semana livre para se recuperar da viagem longa à Colômbia e planejar o jogo de volta com o Tolima.

Futebol