PUBLICIDADE
Topo

Dengue e goleada do Petrolero ligam alerta do Vasco na Sul-Americana

Germán Cano e Ricardo Graça (ao fundo) na chegada do Vasco a Santa Cruz de La Sierra - Rafael Ribeiro / Vasco
Germán Cano e Ricardo Graça (ao fundo) na chegada do Vasco a Santa Cruz de La Sierra Imagem: Rafael Ribeiro / Vasco

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

19/02/2020 04h00

Classificação e Jogos

Com uma vantagem de 1 a 0 conquistada em São Januário no jogo de ida, o Vasco enfrenta o Oriente Petrolero (BOL) hoje (19), às 21h30, em Santa Cruz de La Sierra (BOL), pela primeira fase da Copa Sul-Americana, com o alerta ligado diante de duas situações que não têm relação direta com o duelo: o surto de dengue no país e a goleada aplicada pelo time da casa por 5 a 1, no último domingo (16), pelo Campeonato Boliviano.

O quadro preocupante da doença fez com que o Cruz-Maltino levasse diversos repelentes para que jogadores, comissão técnica e funcionários utilizassem a todo o momento na Bolívia. A recomendação também é que a delegação opte por calças compridas durante os trajetos.

A dengue atingiu recentemente, por exemplo, dois jogadores do próprio Oriente Petrolero: o goleiro Romel Quiñonez e o volante Héctor Sánchez. A cidade de Santa Cruz de La Sierra apresenta um dos maiores números de casos do país.

No que se refere ao campo e bola, a preocupação é com o bom momento vivido pelo Petrolero na competição nacional, onde vem de quatro vitórias nos últimos cinco jogos.

Para ficar com a vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana, o Vasco tem a vantagem do empate. Em caso de derrota por 1 a 0, a decisão vai para os pênaltis. Se os bolivianos vencerem por dois ou mais gols de diferença, se classificam. Como a competição possui o critério do gol fora, o Cruz-Maltino passa mediante qualquer derrota por um gol de diferença (exemplo: 2 a 1, 3 a 2, 4 a 3...).

"É uma competição bastante importante para a gente. Estamos muito focados e buscando trabalhar, evoluir como equipe. Temos acompanhado alguns vídeos do adversário para detectar os pontos fortes e ver onde podemos aproveitar. Queremos chegar bem, fazer um bom jogo, buscar a vitória. Sabemos a importância desse jogo para o Vasco e faremos de tudo para voltar daqui com a classificação", disse o volante Andrey ao site oficial vascaíno.

O Vasco desembarcou em Santa Cruz de La Sierra na última segunda-feira (17) e fez dois treinos na cidade antes da partida.

"Marinheiros" de primeira viagem

Alguns dos jogadores que foram relacionados para a partida estão realizando a primeira viagem internacional como profissional, casos do lateral direito Cayo Tenório, o lateral esquerdo Alexandre, os volantes Marcos Júnior, Bruno Gomes e Juninho, e o atacante Vinícius.

FICHA TÉCNICA:
ORIENTE PETROLERO x VASCO

Local: Ramón Aguilera Costas, Santa Cruz de La Sierra (BOL)
Data e hora: 19/02/2020 (quarta-feira), às 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: José Argote (VEN)
Auxiliares: Jorge Urrego (VEN) e Luis Murillo (VEN)

ORIENTE PETROLERO: Rodrigo Banegas. Widen Saucedo, Daniel Franco, Brayan Calderón e Alan Mercardo; Daniel Rojas, Jaime Carreño, Samuel Pozo, Carlos Soliz; Oscar Salinas e Marco Bueno. Técnico: Pablo Sánchez

VASCO: Fernando Miguel; Yago Pikachu, Werley, Leandro Castan e Henrique; Andrey, Raul e Marcos Júnior; Marrony (Vinícius), Germán Cano e Talles Magno. Técnico: Abel Braga

Vasco