PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Grupo de rubro-negros leva camisas com nomes das vítimas do Ninho pelo Rio

Camisas com os garotos do Ninho foram estendidas em frente ao centro de treinamento do Flamengo - Divulgação
Camisas com os garotos do Ninho foram estendidas em frente ao centro de treinamento do Flamengo Imagem: Divulgação

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

08/02/2020 09h33

O grupo "Flamengo da Gente" promoveu uma ação em memória dos dez jovens mortos no incêndio do Ninho do Urubu.

Na manhã de hoje (8), data que marca um ano da tragédia, alguns rubro-negros estenderam um varal com camisas do clube com o nome dos meninos em diversos pontos, dentre eles o CT, a sede social, o Maracanã, a Polícia Civil e o Ministério Publico. Todas elas trazem o número 10 às costas. A peça é móvel e os torcedores circularam com ela por esses locais.

No jogo contra o Madureira, o Flamengo preparou algumas ações para relembrar as vítimas. A equipe entrará com uma camisa especial e uma braçadeira. Balões e bandeiras também farão parte do ato.

O clube já tem acordo com as famílias de Gedinho, Athila, Vitor Isaias, e com o pai de Rykelmo. O Fla paga uma pensão mensal de R$ 10 mil para as famílias das vítimas.

Flamengo