PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Por que a confusão no jogo do Inter não apareceu na transmissão da TV

Jogo do Inter em Santiago, contra Universidad de Chile, teve até incêndio no estádio Nacional em protesto contra autoridades - REUTERS/Edgard Garrido ORG XMIT: AIMEX
Jogo do Inter em Santiago, contra Universidad de Chile, teve até incêndio no estádio Nacional em protesto contra autoridades Imagem: REUTERS/Edgard Garrido ORG XMIT: AIMEX

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

05/02/2020 04h00

Enquanto o segundo tempo do jogo entre Universidad de Chile e Inter, ontem (4), era disputado, nas arquibancadas havia briga entre torcedores e policiais, arremesso de objetos, invasão de área de jogo e um início de incêndio. Mas quem apenas acompanhava pela televisão a partida que terminou 0 a 0, pela Pré-Libertadores, não sabia de nada. As imagens não mostraram os problemas.

A confusão refletiu o clima tenso no Chile. Protestos durante jogos de futebol se intensificaram desde a morte de um torcedor do Colo-Colo atropelado por um carro da polícia. Do lado de fora, desde o intervalo já havia conflito.

O canal Fox Sports transmitiu com exclusividade o jogo no Brasil. No entanto, as imagens que a rede recebe são administradas pela Conmebol, que não focou qualquer problema em momento algum, nem mesmo ao fundo ou em segundo plano.

Em contato com a reportagem do UOL Esporte, a entidade explicou que não mostrar imagens de invasão de campo, brigas entre torcedores, vandalismo e atitudes deste tipo faz parte de um protocolo seguido em transmissões dos principais eventos esportivos do mundo.

Com objetivo de não depreciar o produto (a competição) ou incentivar este tipo de atitude, a Fifa, com a Copa do Mundo, a Uefa, na Liga dos Campeões, a Premier League, no Campeonato Inglês, por exemplo, também não mostram nas transmissões de jogos imagens deste tipo.

O Internacional irá enviar uma reclamação à Conmebol por conta dos incidentes. E entidade, segundo apurou o UOL Esporte, irá abrir um processo disciplinar para avaliar o caso.

Em campo, Inter e Universidad de Chile deixaram a vaga para próxima eliminatória da fase preliminar da Libertadores indefinida. Quem vencer o duelo de volta, em Porto Alegre, avança para pegar o classificado entre Macará e Tolima. Empate sem gols leva a decisão para os pênaltis, com gols leva adiante os chilenos em razão do saldo qualificado.

Internacional