PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conmebol abrirá processo disciplinar para avaliar confusão em jogo no Chile

Polícia chilena dispersa torcida da Universidad de Chile durante partida contra o Inter no estádio Nacional de Santiago - REUTERS/Edgard Garrido ORG XMIT: AIMEX
Polícia chilena dispersa torcida da Universidad de Chile durante partida contra o Inter no estádio Nacional de Santiago Imagem: REUTERS/Edgard Garrido ORG XMIT: AIMEX

Do UOL, em Porto Alegre

04/02/2020 21h56

A Conmebol abrirá um processo disciplinar para averiguar as confusões ocorridas durante a partida entre Universidad de Chile e Internacional, hoje (04), no estádio Nacional. Durante o duelo houve incêndio nas arquibancadas, briga entre torcedores e policiais e invasão de área de jogo.

Segundo apurou o UOL Esporte, o procedimento será exatamente o mesmo em qualquer incidente ocorrido durante jogos com a entidade como organizadora do torneio. O protocolo será aberto a partir dos relatórios de árbitro e delegado da partida.

La U - REUTERS/Edgard Garrido ORG XMIT: AIMEX - REUTERS/Edgard Garrido ORG XMIT: AIMEX
Imagem: REUTERS/Edgard Garrido ORG XMIT: AIMEX

Os documentos, no dia seguinte ao jogo, serão entregues à comissão disciplinar que abrirá um expediente para verificar e aplicar as possíveis punições. Não há prazo para isso.

A entidade age com tranquilidade pois não está sequer confirmado se haverá mais uma partida de La U em casa na competição. A sequência da equipe na Libertadores dependerá do jogo de volta, na próxima terça, em Porto Alegre. Haverá, ainda, tempo determinado para defesa.

A direção do Internacional irá enviar uma reclamação à entidade. Segundo o vice de futebol Alessandro Barcelos, o clube não será alheio ao ocorrido no Estado Nacional.

Segundo apurou a reportagem, a direção da Universidad de Chile, antes mesmo da partida, já temia punições, tanto que reforçou a segurança para o jogo. Mas nem mesmo os 300 seguranças com mais 500 policiais conseguiram evitar a confusão.

Inter - REUTERS/Edgard Garrido ORG XMIT: AIMEX - REUTERS/Edgard Garrido ORG XMIT: AIMEX
Imagem: REUTERS/Edgard Garrido ORG XMIT: AIMEX

Na saída do estádio, o diretor executivo de futebol do Inter, Rodrigo Caetano, disse que acredita na aplicação de uma multa ao clube chileno. O Inter ressalta que não espera, e nem mesmo pedirá em sua reclamação, a perda dos pontos da partida para equipe local.

Em campo, o árbitro parou o jogo por menos de três minutos e a bola seguiu rolando enquanto a confusão tomava as arquibancadas. Os torcedores que invadiram o local de jogo não foram até o campo, mas ficaram na pista atlética em confronto com policiais. O incêndio foi controlado antes do fim da partida.

O placar foi 0 a 0 e quem vencer o jogo de volta seguirá na fase preliminar da Libertadores. Novo empate sem gols leva a decisão para os pênaltis. Empate com gols dá a vaga adiante aos chilenos.

Internacional