PUBLICIDADE
Topo

Everson sobre comparações Jesualdo x Sampaoli: "Impossível evitar"

Everson observa atentamente lance em clássico entre Santos e Corinthians - Ivan Storti/Santos FC
Everson observa atentamente lance em clássico entre Santos e Corinthians Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

02/02/2020 14h37

Classificação e Jogos

O Santos perdeu para o Corinthians manhã de hoje (2) por 2 a 0, na Arena do rival, e sempre que o Peixe sai de campo derrotado ou sem apresentar um futebol vistoso o nome de Jorge Sampaoli volta a surgir. Desta vez foi o goleiro Everson quem teve de responder e afirmou que as comparações são inevitáveis.

Para o titular da meta santista, o bom ano que Sampaoli teve com o Santos em 2019 acaba surgindo como referência, mas isso não irrita aos atletas.

"Isso pode irritar ele, mas é impossível evitar. Foi um ano bom que nós tivemos, mas isso vem mais de vocês. Para nós jogadores não incomoda. Nós somos profissionais, tentamos nos adaptar o mais rápido possível à uma filosofia nova. O Sampaoli era muito intenso. Já o professor Jesualdo também é atualizado, mas é um pouco mais resguardado, as linhas mais compactas. Em alguns jogos conseguidos mostrar essas ideias, hoje não foi possível. Agora é trabalhar e aprender cada vez mais com ele", disse o arqueiro.

O Santos teve vários desfalques para o clássico, entre eles os quatro principais jogadores da última temporada: Lucas Veríssimo, Carlos Sánchez, Soteldo e Marinho. Ainda assim, a atuação abaixo da média diante do rival não pode ficar na conta das ausências.

"Não podemos encostar a cabeça ou colocar a desculpa que eles não jogaram. Temos um elenco, todos estão tendo oportunidades. Infelizmente não conseguimos fazer um bom jogo e agora é tirar um aprendizado desse clássico para que nos próximos não se repita os erros e possamos ganhar, porque é importante ganhar em clássicos", disse Everson.

O Peixe terá a semana cheia para trabalhar e volta a campo só na segunda-feira (10) para enfrentar o Botafogo-SP, às 20h, na Vila Belmiro, pela quinta rodada do Paulistão.

Santos