PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira


Seleção quer observar clássicos nos estaduais e a Supercopa do Brasil

Bruno Henrique brilhou pelo Flamengo em 2019, chegou à seleção e pode voltar a ter chances com Tite neste ano - Pedro H. Tesch/AGIF
Bruno Henrique brilhou pelo Flamengo em 2019, chegou à seleção e pode voltar a ter chances com Tite neste ano Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Bruno Grossi

Do UOL, em Araraquara (SP)

27/01/2020 04h00

Classificação e Jogos

A seleção brasileira já pensa na convocação para as duas primeiras rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022 e a comissão técnica de Tite colocou grandes jogos do início da temporada no país no radar. Os principais clássicos dos torneios estaduais e a Supercopa do Brasil serão observados de perto pelo treinador e seus auxiliares e analistas.

Ontem, o assistente Cleber Xavier já esteve no duelo entre Palmeiras e São Paulo em Araraquara. O jogo foi válido pela segunda rodada do Campeonato Paulista e terminou com empate por 0 a 0. Antes, Cleber também acompanhou treinos dos dois rivais. O próximo clássico a ser observado deve ser entre Corinthians e Santos, no próximo domingo, em Itaquera.

A restrição aos clássicos passa pela importância maior dessas partidas, em comparação a outros compromissos nos Estaduais, e também pela falta de ritmo que os jogadores que atuam no Brasil ainda apresentam. Os que estão no futebol europeu, por outro lado, estão no ápice de suas temporadas.

Uma partida considerada diferente nesse cenário é a Supercopa do Brasil, entre Flamengo e Athletico Paranaense, em Brasília. Além da competitividade natural de uma disputa por título em jogo único, o confronto será realizado já em 16 de fevereiro, com os times um pouco mais preparados e com mais atletas que agradam a Tite e já foram convocados no segundo semestre de 2019, como o atacante Bruno Henrique e o goleiro Santos.

Seleção Brasileira