PUBLICIDADE
Topo

Pacheco virá ao Brasil para fechar com Flu e será liberado a pré-olímpico

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

11/01/2020 04h00

O atacante Fernando Pacheco será reforço do Fluminense para 2020. O peruano virá ao Brasil no fim de semana para finalizar os trâmites burocráticos da transferência para o Tricolor.

O jovem de 20 anos se tornará a sétima contratação fechada pelo Flu no mercado da bola. Camisa 10 da seleção sub-23 do Peru, o jogador será liberado pelo clube para disputar o pré-olímpico, e por isso, desfalcará a equipe no início do Campeonato Carioca. Em amistoso na quinta-feira (9), Pacheco deu assistência para o primeiro gol do Peru na vitória por 2 a 0 sobre o Equador (veja vídeo abaixo).

Revelação do Sporting Cristal, o atacante assinará por três anos com o Fluminense. Para tê-lo, o clube pagará 700 mil dólares (R$ 2,8 milhões) ao clube peruano por 50% dos seus direitos econômicos.

O Tricolor desejava outro jogador do mercado peruano: o atacante Kevin Quevedo, do Alianza Lima. Os problemas disciplinares do jovem de 22 anos, que foi o melhor do país em 2019, entretanto, afastaram o Flu de um acerto, temendo que as questões se repetissem no Brasil. Companheiro usual de ataque de Pacheco, Quevedo foi cortado da seleção peruana sub-23 que disputa o pré-olímpico, enquanto o novo reforço do Fluminense é vice-capitão da equipe.

Fernando Pacheco passou por todas as seleções de base do Peru e é tratado como uma joia no país. Seu rendimento como profissional, entretanto, não refletiu, ainda, tudo o que se esperava dele nas divisões inferiores. O mau momento financeiro e esportivo do Sporting Cristal é um dos fatores, bem como a juventude, de acordo com a imprensa peruana.

Veloz e forte, Pacheco possui oito gols em 77 partidas pelo Sporting Cristal. O atacante, que atua pelas duas pontas, também deu 17 assistências, a maioria (oito) em 2019, por todas as competições do calendário do futebol do Peru. A torcida celeste, inclusive, o apelidou de "Mpaché", em alusão bem-humorada ao francês Kylian Mbappé, do PSG, que atua na mesma posição.

Negociação por Cubas esfria, e Flu tem concorrência por Araújo

O volante Andrés Cubas, do Talleres-ARG, foi o primeiro nome tentado pelo Tricolor para ocupar a lacuna deixada pela saída de Allan para o Atlético após conturbada negociação. O Flu fez uma primeira proposta de compra, que foi recusada.

Os gigantes Boca Juniors (que o revelou) e River Plate procuraram o time de Córdoba por um empréstimo, que foi descartado. A alta pedida do Talleres para o Fluminense esfriou a negociação por enquanto. A informação foi veiculada pelo Saudações Tricolores e confirmada pelo UOL Esporte, que apurou que o valor desejado pelos argentinos é de US$ 5 milhões para negociar uma parte dos direitos de Cubas. O Tricolor monitora outros nomes no mercado nacional e sul-americano.

Outro nome que interessa ao Flu é o de Michel Araújo, do Racing-URU. O meia-atacante não foi descartado com o acerto com Fernando Pacheco, mas a negociação não caminhou por enquanto, apesar de não ser considerada tão difícil. O Godoy Cruz-ARG também está interessado no jogador, que admitiu o interesse das duas equipes à Rádio Sport 890, de Montevidéu. Como seu time acabou rebaixado no Campeonato Uruguaio, Araújo sabe que mudará de ares em 2020.

Fluminense