PUBLICIDADE
Topo

Presidente do Conselho do Goiás: "Michael foi muito barato, estou chateado"

Michael trocou o Goiás pelo Flamengo - Rosiron Rodrigues/Goiás EC
Michael trocou o Goiás pelo Flamengo Imagem: Rosiron Rodrigues/Goiás EC

Do UOL, em São Paulo

10/01/2020 19h59

O presidente do Conselho Deliberativo do Goiás, Hailé Pinheiro, disse que viu a venda de Michael para o Flamengo "com muita tristeza". De acordo com o dirigente, o atacante saiu "muito barato".

A transação envolveu 7,5 milhões de euros (cerca de R$ 34 milhões), e o Flamengo adquiriu 80% dos direitos do jogador.

"Com muita tristeza, foi muito barato, fiquei muito chateado. A negociação conduzida de maneira correta, mas o preço que foi estipulado na cláusula foi errado. Estou inconformado. O Michael tem que seguir a vida dele, segue em frente. Vamos fabricar outro", disse em entrevista à rádio Sagres.

O dirigente ainda comparou a venda de Michael com a negociação entre Flamengo e Real Madrid pelo atacante Reinier. Os espanhóis devem pagar 30 milhões de euros (cerca de R$ 135 milhões) pela promessa do time rubro-negro.

"Sabe que é o melhor jogador do Brasil e foi vendido por preço de banana. O Reinier, do Flamengo, foi vendido por 30 milhões de euros. Não marcou gol nenhum, não jogou nada ainda. Sempre coloquei na cabeça que o Michael vale 20 milhões de euros e é vendido por 7,5 milhões de euros. Você acha que estou satisfeito?", questionou.

Mesmo agora com Michael longe do Goiás, Hailé não deixou de elogiar o novo atacante do Flamengo. "Se fazer uma seleção brasileira com Michael de um lado e Bruno Henrique do outro, com certeza vamos ser campeões do mundo", afirmou Hailé, que acredita que o dinheiro da transferência será gasto para pagar dívidas do Goiás.

"O nosso déficit financeiro mensal é muito grande. Tem que pagar o déficit", declarou.

Goiás