PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Quanto o Red Bull Bragantino já gastou no mercado da bola para 2020

Thiago Scuro, diretor-geral do Red Bull Bragantino, é quem acerta as contratações para 2020 - Divulgação/FPF
Thiago Scuro, diretor-geral do Red Bull Bragantino, é quem acerta as contratações para 2020 Imagem: Divulgação/FPF

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

26/12/2019 12h00

Resumo da notícia

  • Red Bull Bragantino acertou com dois reforços no mercado da bola para 2020: Leo Realpe e Alerrandro
  • Os paulistas têm orçamento de R$ 200 milhões e gastaram 8,84% do que pretendem receber. Isso equivale a R$ 17,67 milhões
  • Foram pagos 3 milhões de euros (R$ 13,59 milhões) ao Galo por Alerrandro. São duas parcelas idênticas de 1,5 milhão de euros cada
  • Leo Realpe, de 18 anos, foi comprado por 1 milhão de dólares (R$ 4,08 milhões). Ele jogava no Independiente del Valle. Valor foi pago à vista

O Red Bull Bragantino acertou dois reforços no mercado da bola para 2020: Leo Realpe, ex-Independiente del Valle, do Equador, e Alerrandro, ex-Atlético-MG. Com orçamento aproximado de R$ 200 milhões para a próxima temporada, o clube gastou 8,84% do que pode investir em contratações.

A equipe já gastou R$ 17,67 milhões em contratações no mercado da bola. Alerrandro foi o primeiro reforço contratado para 2020. Revelado pelo Atlético-MG, o centroavante foi adquirido por 3 milhões de euros (R$ 13,59 milhões) no início de dezembro.

O pagamento ao Galo é feito em duas parcelas de 1,5 milhão de euros cada. A primeira foi depositada ainda neste mês. A segunda será transferida apenas em 2020. A data exata não foi revelada pelas partes.

A transação envolvendo do jogador de 19 anos foi a mais cara até agora do Red Bull Bragantino, que se prepara para disputar a elite do Campeonato Brasileiro após se sagrar campeão da Série B.

O segundo reforço certo para 2020 é o zagueiro Leo Realpe, de 18 anos. O jovem foi adquirido por 1 milhão de dólares (R$ 4,08 milhões). O valor foi pago à vista para o Independiente del Valle, do Equador.

O garoto assinou contrato de cinco temporadas com os paulistas. Ele estava na mira de outros clubes do país. O Athletico Paranaense era um dos interessados em contar com o defensor.

O Red Bull Bragantino ainda pensa em novos nomes para a próxima temporada e deve gastar muito mais para qualificar o elenco. O clube, no entanto, trabalha com cautela para anunciar reforços.

Band Sports: Comentaristas discutem modelo de gestão do Bragantino

Band Sports

Futebol