PUBLICIDADE
Topo

Torcida do São Paulo pede time de lendas no Paulistão e volta de Muricy

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

15/12/2019 18h41

O São Paulo venceu Bayern de Munique e Barcelona para ser campeão da primeira edição da Legends Cup no Brasil. O torneio de veteranos foi disputado no Morumbi e o bom desempenho dos ídolos tricolores fez com que a torcida puxasse coros de protesto bem-humorado após o título: "Não é mole, não! Bota esse time pra jogar o Paulistão!" e "Volta, Muricy!".

A brincadeira — com fundo de verdade para os mais fanáticos e decepcionados com a falta de troféus do time profissional — já se espalhava pelas arquibancadas durante a competição realizada hoje (15) à tarde. O torcedor Caio, que vive no Sul de Minas Gerais, aproveitou que viajaria a São Paulo para uma festa ontem e resolveu ficar para a Legends Cup. Ele saiu com ainda mais saudades dos tempos vitoriosos do Tricolor.

"Tem muito jogador que ainda cabe no time de hoje, com muita raça e determinação. Você vê o Fabão jogar, Cicinho, o meio de campo com Josué e Mineiro. Que saudade dá ver esse time. Não tinha como deixar de vir. Dá pra enumerar Josué, Mineiro, Fabão, Müller, que é craque demais. Só de ver o time mostrando essa raça já valeu", disse Caio.

"A pressão sempre existe. Já acordei hoje de manhã com um friozinho aqui. Mexe a bola você quer ganhar. É nossa camisa, nossa torcida. Imagina todo esse pessoal que veio aqui hoje e deixar eles felizes. Os jogadores compraram essa briga no bom sentido, ninguém treinou, tanto é que vários se machucaram. Eu queria que eles fizessem isso mesmo. Dar uma demostração de que esse clube continua gigante e é preciso resgatar a história", disse Muricy.

Fabão fez gol na semifinal contra o Bayern e na final contra o Barça, relembrando os tempos de gols decisivos como na semifinal e na final da Libertadores de 2005 e no jogo do título do Campeonato Brasileiro de 2006 — inclusive imitando a comemoração dançando como o personagem "Seu Boneco", da Escolinha do Professor Raimundo. O zagueiro foi eleito o artilheiro da Legends Cup e muito ovacionado pela torcida.

Outro que brilhou foi Dagoberto, eleito o craque da competição e tietado por muitos torcedores ao fim da cerimônia de entrega da taça. Os dois foram os mais citados pelos torcedores ouvidos pelo UOL Esporte no Morumbi. "Eu estava com saudades de ver o Dagoberto. Ele encaixaria direitinho no nosso time de hoje, porque o ataque é muito ruim. Ninguém faz gol! Só a zaga é boa, mas daria para o Fabão ser reserva", disse Gustavo, que foi ao evento acompanhado dos amigos Vinicius e Cássia.

O São Paulo, que não é campeão com o time principal desde a conquista da Copa Sul-Americana em 2012, pretende tornar o time de lendas fixo, rodando o Brasil e o mundo para disputar torneios e arrecadar dinheiro. Essa grana servirá para manter o cachê dos atletas convidados e para sustentar um fundo de auxílio a jogadores que estiverem passando por problemas de saúde ou financeiros.

São Paulo