PUBLICIDADE
Topo

De novo dono, Querétaro sai na frente por Uribe; Santos não fará "caridade"

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

14/12/2019 04h00

O centroavante Fernando Uribe não deve seguir no Santos para a temporada 2020. O colombiano tem mercado na América do Sul e está incomodado com a falta de oportunidades. O Querétaro, do México, surge hoje no mercado da bola como principal candidato a tirar o atacante do Peixe.

O clube foi recém-comprado, no início desse mês, pelo grupo Caliente, que também é dono do Tijuana. As conversas entre os mexicanos e o centroavante estão adiantadas, mas o Santos ainda não recebeu proposta oficial.

O Peixe sabe do interesse e aguarda o Querétaro. O clube da Vila Belmiro não tem qualquer intenção de dificultar o negócio, mas diretores que conversaram com o UOL Esporte alegaram que o Santos também pode não "fazer caridades". O clube prioriza recuperar o investimento feito, mas não descarta analisar uma troca.

Em dificuldade financeira e precisando vender jogadores para equilibrar as contas, a cúpula santista adoraria negociar o colombiano em definitivo. Um empréstimo fica em segundo plano, mas não está descartado desde que o clube arque com o salário do atleta, próximo dos R$ 600 mil.

O Santos pagou cerca de R$ 5 milhões para tirar Uribe do Flamengo, com o valor sendo descontado da venda do atacante Bruno Henrique - que fez o caminho inverso em janeiro. O colombiano chegou indicado, com muita insistência, pelo ex-técnico Jorge Sampaoli, mas nunca deslanchou.

Com a camisa do Peixe foram 11 jogos e nenhum gol marcado. A última vez que ele entrou em campo foi no dia 13 de outubro, pela 25ª rodada, contra o Internacional. De lá para cá, chegou a ficar fora dos relacionados em vários jogos. Além do Querétaro, o Toluca também tem interesse no retorno do atleta que já brilhou vestindo sua camisa entre 2015 e 2018.

Santos