Topo

Futebol


Dez jogadores que ficam sem contrato para agitar mercado da bola brasileiro

Gustavo Henrique comemora gol com as cores do Santos - Fernanda Luz/AGIF
Gustavo Henrique comemora gol com as cores do Santos Imagem: Fernanda Luz/AGIF

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

12/11/2019 11h45

Com a temporada se aproximando do fim, o mercado da bola volta a agitar o futebol nacional. Às vésperas do início da temporada, o UOL Esporte responde uma pergunta importante dos torcedores: quais atletas prometem aquecer a próxima janela de transferências do país?

A reportagem preparou uma lista com dez nomes que estão livres para assinar com outros clubes a partir de janeiro de 2020.

Yony González (Fluminense)

    Thiago Ribeiro/AGIF
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Autor de 16 gols em 57 jogos na temporada, Yony González é um dos principais nomes do Fluminense. No entanto, não deve seguir no clube em 2020. A possível saída não é uma opção da diretoria, mas, sim, do próprio atleta. O colombiano de 25 anos estuda possibilidades para o próximo ano, já que tem vínculo até 31 de dezembro de 2019. Hoje, a imprensa portuguesa falou sobre um acerto do jogador com o Benfica.

Elias (Atlético-MG)

Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

O meio-campista teve a renovação praticamente descartada no Atlético-MG. Aos 34 anos, não deve seguir no time mineiro em 2020. O seu vínculo se encerra em janeiro do próximo ano, mas já está liberado para assinar um pré-contrato desde julho. No início de 2019, o Internacional fez uma oferta pelo jogador, mas não o contratou. O seu estafe confirma que as conversas com o Galo estão estagnadas e ainda não abriu negociações com outras equipes.

Lucas Silva (sem clube)

Vinnicius Silva/Cruzeiro
Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

O jogador deixou o Real Madrid em setembro deste ano para buscar uma nova equipe. Porém, ainda não se acertou com ninguém. Ele já recebeu ofertas de grandes do Brasil, como o Cruzeiro, e também de clubes do exterior. No entanto, prefere fazer trabalho à parte até o fim do ano para tentar um novo compromisso a partir de janeiro de 2020.

Gustavo Henrique (Santos)

O zagueiro do Santos tem contrato somente até o fim de janeiro de 2020. Aos 26 anos, ele já pode assinar um pré-contrato com outra equipe. No entanto, ainda não há uma definição sobre o futuro do defensor. São Paulo, Corinthians e Flamengo chegaram a monitorá-lo. Porém, ele não esconde o desejo de se mudar para a Europa.

Rhodolfo (Flamengo)

Alexandre Vidal/Flamengo
Imagem: Alexandre Vidal/Flamengo

O zagueiro do Santos não é o único a ficar disponível no mercado da bola. Há também a possibilidade de Rhodolfo, do Flamengo, se transferir. O seu contrato com os cariocas se encerra em dezembro deste ano e, sem espaço no time de Jorge Jesus, o defensor de 33 anos não descarta uma mudança, já que também não foi procurado para conversar sobre uma eventual renovação contratual.

Fernando Prass (Palmeiras)

Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

O goleiro de 41 anos ainda não fala sobre aposentadoria. Porém, pode dar adeus ao Palmeiras em breve. Ele tem vínculo até o fim deste ano e pode se mudar para outro time no início de 2020. Fernando Prass chegou a conversar sobre uma extensão do vínculo, mas o negócio não avançou.

Edu Dracena (Palmeiras)

Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

O zagueiro de 38 anos diz que ainda tem lenha para queimar no futebol. Entretanto, não deve seguir no Palmeiras em 2020. O mais provável é que o defensor deixe o clube para assinar com outra equipe. A situação ainda é uma incógnita.

Rafael Sóbis (Internacional)

Marinho Saldanha/UOL
Imagem: Marinho Saldanha/UOL

O atacante de 34 anos tem vínculo com o Internacional até o fim de 2019. Ele já deixou claro que a sua intenção é renovar com os gaúchos. Porém, a situação será definida somente depois do Campeonato Brasileiro. A diretoria não quer atrapalhar o momento da equipe no torneio nacional.

D'Alessandro (Internacional)

Ricardo Duarte/Inter
Imagem: Ricardo Duarte/Inter

O argentino de 38 anos já disse que não renovará o seu contrato neste ano. Porém, isso não impede que ele seja renovado no início do próximo. Ele tem vínculo com os gaúchos até o fim de 2019 e espera o término da temporada para discutir o futuro com os responsáveis por sua carreira e a diretoria do Internacional.

Geuvânio (Atlético-MG)

Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

O atacante de 27 anos tem acordo com o Atlético-MG até o fim deste ano. Porém, não deve renovar o acordo. Ele fez um gol em 34 partidas disputadas pela equipe na temporada e foi considerado reserva por todos os técnicos que estiveram na Cidade do Galo - Levir Culpi, Rodrigo Santana e Vagner Mancini.

Futebol