Topo

Rodrygo precisou só de 43 dias para superar gols de Vinícius Jr. em um ano

Rodrygo, atacante do Real Madrid, durante partida contra o Galatasaray - Pierre-Philippe Marcou/AFP
Rodrygo, atacante do Real Madrid, durante partida contra o Galatasaray
Imagem: Pierre-Philippe Marcou/AFP

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

07/11/2019 04h00

Rodrygo atingiu um novo patamar no Real Madrid. Contratado com o objetivo de ser lapidado aos poucos, o ex-jogador do Santos simplesmente fez um hat-trick em jogo de Liga dos Campeões da Europa. Os três na goleada por 6 a 0 contra o Galatasaray, pela fase de grupos do principal torneio europeu, elevaram o atacante de 18 anos a superar, somente em 43 dias, o que Vinícius Júnior atingiu na primeira temporada no clube.

Nem dois meses da estreia com gol diante do Osasuna, em 25 de setembro, Rodrygo chegou aos cinco com o Real Madrid. Em toda temporada passada, a primeira com a camisa branca, Vinícius Júnior, que sequer foi relacionado para o duelo de ontem (06), anotou quatro pelo time principal.

O ex-santista, atualmente, supera o antigo jogador do Flamengo na hierarquia do comandante Zinedine Zidane. São quatro jogos seguidos como titular, enquanto Vinícius não começa um jogo desde 19 de outubro, data da derrota para o Mallorca, pelo Campeonato Espanhol.

Até na seleção brasileira, Rodrygo já "furou a fila" de Vini Júnior. O UOL Esporte mostrou que a comissão técnica de Tite admira a consciência tática do jogador e o considera mais maduro em relação à revelação da Gávea.

Membros da mesma geração e contratados pelo clube merengue sob circunstâncias parecidas, especialmente na questão do desenvolvimento profissional em Madri, Rodrygo e Vinícius Júnior estrearam sob pressão e corresponderam. A diferença entre os dois é que o santista se mostra muito mais goleador e decisivo, como no jogo contra os turcos.

PIERRE-PHILIPPE MARCOU / AFP
Imagem: PIERRE-PHILIPPE MARCOU / AFP

Em contrapartida, Vinícius vive um período de retomada. Quando vivia o melhor momento pelo Real na temporada passada, o jovem brasileiro sofreu uma lesão grave no tornozelo e ficou dois meses fora. O brasileiro começou como titular em 2019/2020, mas perdeu espaço nas últimas semanas.

Rodrygo precisou de apenas sete minutos para anotar dois gols e encaminhar a importante vitória madridista - a revelação do Santos ainda fechou a goleada com mais um nos acréscimos. Com os três pontos diante do Galatasaray, o Real Madrid chegou aos sete e abriu cinco de vantagem em relação ao Club Brugge, terceiro classificado no grupo A da competição.

Dois empates nas rodadas finais servem para o Real Madrid avançar às oitavas de final. No próximo embate pela competição europeia, talvez Rodrygo encare o grande teste desta pequena trajetória na Espanha. Dia 26, o maior vencedor de Champions recebe o líder e já classificado Paris Saint-Germain, que deve já contar com a volta de Neymar.

Real Madrid