Topo

Mancini se anima com jovens do Atlético-MG, mas é cauteloso ao usá-los

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

07/11/2019 04h00

Bruninho e Marquinhos estão nas graças da torcida do Atlético-MG. Responsáveis pelos dois gols contra o Goiás, na noite de ontem, eles já haviam entrado bem na rodada anterior, no empate por 2 a 2 com o Fortaleza. O bom momento faz com que a dupla seja cobrada entre os prediletos de Vagner Mancini. O treinador, contudo, pede cautela para inseri-los na equipe.

O próprio técnico se animou com o que ambos fizeram na partida do último fim de semana, tanto que testou uma formação com eles em campo às vésperas do jogo. Porém, preferiu utilizar Elias e Juan Cazares como titulares.

"Olha, ao mesmo tempo em que todos estamos empolgados em ver dois atletas com ótimo desempenho, precisamos entender que é um momento de ter calma, de serem lançados aos poucos. Existia a chance deles entrarem em campo sim como titulares, testei uma formação com os dois como titulares. Mas é preciso ressaltar que Elias e Cazares fizeram um ótimo primeiro tempo. A decisão foi acertada", declarou.

Em que pese a empolgação com a dupla formada por duas joias da base, Mancini pede cautela para que eles ganhem maturidade até assumir a titularidade.

"Precisamos mostrar para os garotos a importância de se conter a euforia, não só o treinador, mas todos os atletas e pessoas do clube. Eles foram muito bem, marcaram gols, mas o futebol é mais que isso e precisamos ter calma para os garotos se desenvolverem e crescerem ainda mais", comentou.

Atlético-MG