PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Após 'licença médica', Galvão comemora: "Como é bom gritar gol"

Galvão Bueno, narrador do Grupo Globo - Reprodução/TV Globo
Galvão Bueno, narrador do Grupo Globo Imagem: Reprodução/TV Globo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/10/2019 23h59

Depois de ver sua voz falhar no primeiro jogo da semifinal da Copa Libertadores da América, quando inclusive pediu desculpas aos telespectadores, Galvão Bueno voltou a comandar uma transmissão, e comemorou o fato de ter gritado os cinco gols do Flamengo sem falhas.

O narrador sofreu com uma gripe no primeiro jogo da semifinal e, depois disso, ficou fora dos amistosos da seleção brasileira contra Senegal e Nigéria com o objetivo de recuperar a voz e estar 100% para o jogo decisivo entre Flamengo e Grêmio.

"Como é bom gritar gol sem a voz falhar. Gritar e a garganta responder. E, ainda mais, gritar tantos gols assim", comemorou Galvão Bueno ao final da transmissão.

Dentro de campo, o Flamengo venceu o Grêmio por 5 a 0 e, após o 1 a 1 no primeiro jogo, se classificou para a final com um placar agregado de 6 a 1. Na decisão, o time carioca encara o River Plate (Argentina).

A final será em jogo único, marcado para o dia 23 de novembro, no Estádio Nacional de Santiago, no Chile.

UOL Esporte vê TV