Topo

Marcão elogia Athletico em "jogo igual" do Flu: "Time forte e entrosado"

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

18/10/2019 00h20

O Fluminense perdeu para o Athletico no Maracanã e encerrou sequência invicta de cinco jogos no Campeonato Brasileiro. Em coletiva após o jogo, Marcão afirmou ter visto um "jogo igual" e elogiou a organização do adversário.

"Jogo muito igual, pegamos uma equipe entrosada, que marca muito forte. Tentamos ditar o ritmo, fizemos um gol rápido, apertamos eles, mas o Athletico está acostumado a esse tipo de jogo, não muda a forma de jogar. Nos criou muita dificuldade. Foi um jogo equilibrado, onde a bola parada fez a diferença a favor deles. No segundo tempo nossa equipe, com as mudanças, tentou marcar mais alto por precisar do resultado. Apesar da derrota, terminamos tentando, jogando em cima do adversário", declarou.

O treinador lamentou o resultado adverso e já projetou o Fla-Flu de domingo. Para Marcão, a equipe precisa corrigir alguns erros da derrota e chegar "com a cabeça forte" para o próximo jogo.

"Perder nunca é bom. A gente sabia da dificuldade do jogo, é lógico que jogando em casa, diante do torcedor, a gente nunca imagina sair derrotado, mas enfrentamos uma grande equipe, muito bem organizada e estruturada. Tentamos minimizar o erro do jogo passado e anular as peças do adversário. Saímos na frente mas infelizmente alguns detalhes fizeram a diferença a favor deles. Temos que corrigir nesse espaço curto de tempo para que domingo a gente esteja forte para enfrentar nosso grande rival", afirmou.

Ainda sobre o clássico, o técnico não vê problema no adversário. O foco agora é em recuperar os atletas após o jogo exigente desta noite (19).

"Sobre o jogo de domingo, é contra o líder, que vive ótimo momento, mas trata-se de um clássico, acredito muito no meu time, no potencial, o jogo em si não tem vencedor antecipado nunca. Precisamos recuperar nossos jogadores, foi um jogo muito intenso, de muita exigência física. Precisamos de todos bem e com o mental forte", opinou.

E apesar do ótimo início de trabalho, Marcão manteve os pés no chão. O treinador admitiu que a briga da equipe ainda é para se livrar da zona de rebaixamento.

"Nossa briga ainda é para livrar da zona que tanto nos incomoda. A gente teve uma reação muito boa do grupo, entendimento do jogo, relação boa com o torcedor. É claro que preferíamos uma grande vitória, mas enfrentamos uma grande equipe, time muito forte e bem treinado. Ainda estamos brigando para sair dessa zona que incomoda. No domingo vamos fazer um jogo forte e queremos sair dessa zona que incomoda a gente", finalizou.

Com a derrota, o Fluminense segue na 14ª colocação com 29 pontos. A distância para a zona de rebaixamento diminuiu de quatro para três pontos. O Tricolor, entretanto, leva vantagem sobre os rivais em número de vitórias e saldo de gols, os primeiros critérios de desempate do Brasileirão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Fluminense