PUBLICIDADE
Topo

Santos

Santos: Sampaoli afirma que não há destaques na base e pede reestruturação

Sampaoli ao seu estilo, durante treino do Santos - Ivan Storti/Santos FC
Sampaoli ao seu estilo, durante treino do Santos Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

25/09/2019 10h23

O técnico Jorge Sampaoli foi firme ao explicar o motivo de não utilizar os Meninos da Vila na equipe profissional do Santos. O argentino afirmou que não vê destaques nas categorias de base do Peixe e pediu uma reestruturação do setor.

O argentino disse que não está convencido da qualidade dos garotos da base e por isso não vem utilizando os jovens no Campeonato Brasileiro. A falta de utilização dos Meninos da Vila é uma das principais crítica da torcida nas redes sociais; Sampaoli rebateu.

"Estamos analisando a todo tempo. As redes são antisociais, não sociais. Tomam postura de análise amadora a uma pessoa que está no dia a dia, trabalhando profissionalmente. Eu teria que escutar e escuto, trabalho com profissionalismo e vejo todos os dias. Santos tem que reestruturar sua força básica com os menores. Produtividade do sub-20 e sub-23 não é boa e não há jogadores destacados nas divisões. Ou pelo menos não está se destacando. Se faz cinco gols no sub-20, teria que revisar o motivo de eu não utilizar. Querer que alguém resolva em uma situação que não existe é irreal. Queremos que algum garoto substitua quem não está na melhor performance, mas eu não estou convencido. E em todos os lugares onde estive revelei garotos, coloquei até de 15 anos na Copa do Chile. Aqui ainda não encontrei quem possa afrontar em cima numa situação difícil", disse Sampaoli em entrevista coletiva.

O plantel do Peixe hoje conta com o zagueiro Wagner Leonardo, o lateral-direito Cadu, o volante Sandry, o meia Ivonei e os atacantes Alexandre Tam, Allanzinho, Kaio Jorge e Yuri Alberto. Entre dois e três dos Meninos da Vila costumam aparecer no banco de reservas, mas no Campeonato Brasileiro apenas um deles entrou em campo: o atacante Kaio Jorge, quatro meses atrás.

Santos