Topo

Ricardo Oliveira cai de rendimento, mas mantém respaldo no Atlético-MG

Ricardo Oliveira em ação durante treino do Atlético-MG; centroavante tem confiança para voltar a sorrir - Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Ricardo Oliveira em ação durante treino do Atlético-MG; centroavante tem confiança para voltar a sorrir Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

14/09/2019 19h00

A comissão técnica do Atlético-MG mantém a confiança em Ricardo Oliveira. Com apenas um gol nos últimos 21 jogos, o camisa 9 segue como titular da equipe, mesmo com a boa atuação de Franco Di Santo na derrota por 2 a 1 para o Botafogo, no fim de semana passado.

Presente em 13 partidas pela equipe, Ricardo Oliveira fez apenas dois gols nesta edição do Campeonato Brasileiro. O que surpreende é o quanto ele precisou finalizar para balançar as redes. Ao todo, foram 26 chutes, sendo dez para fora e 16 na direção das metas adversárias. Em média, precisa de 13 conclusões para estufar as redes uma vez.

Os números são piores do que os obtidos por ele na Libertadores, quando fez seis gols com 29 finalizações (4,8 finalizações para marcar), e no Campeonato Mineiro, quando precisou de 28 finalizações para marcar sete gols (quatro finalizações para marcar).

Mesmo com a queda de rendimento e a presença dos concorrentes Alerrandro, Franco Di Santo e Rafael Papagaio na posição, a comissão técnica confia no veterano para liderar o sistema ofensivo.

"Confiança total no Ricardo. A gente vê que ele está marcando presença na área, está criando situações, mas o gol não está saindo", disse o técnico Rodrigo Santana.

O dono da camisa 9 será novamente titular no jogo de amanhã, às 11h (de Brasília), contra o Internacional. Ele tenta ajudar o time a conquistar o resultado positivo após quatro derrotas seguidas no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG x INTERNACIONAL

Motivo: 19ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Independência, em Belo Horizonte
Data: 15 de setembro de 2019 (domingo)
Horário: às 11h (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)
Assistentes: Silbert Faria Sisquim (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
VAR: Grazianni Maciel Rocha (RJ)

Atlético-MG: Cleiton; Patric, Réver, Leonardo Silva e Fábio Santos; Ramón Martínez, Elias, Juan Cazares e Vinícius; Yimmi Chará (Bruninho) e Ricardo Oliveira. Técnico: Rodrigo Santana.

Internacional: Danilo Fernandes; Heitor, Klaus, Emerson Santos e Zeca; Rithely, Nonato, Neílton, William Pottker e Guilherme Parede; Rafael Sobis. Técnico: Odair Hellmann.

Band: Cazares é acusado por mulheres de agressão

Band Notí­cias