PUBLICIDADE
Topo

Como Alex Mineiro, e não Luxemburgo, propagou o apelido "Evandro Seleça"

Vanderlei Luxemburgo orienta Evandro em treino do Palmeiras em 2009 - Rubens Cavallari/Folha Imagem
Vanderlei Luxemburgo orienta Evandro em treino do Palmeiras em 2009 Imagem: Rubens Cavallari/Folha Imagem

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

30/08/2019 12h00

O meia Evandro chegou ao Santos no início de julho e a primeira lembrança do torcedor sobre o jogador que passou quase 10 anos na Europa foi o apelido que ficou famoso na época de Palmeiras: seleça.

Quando chegou ao clube da capital paulista, Vanderlei Luxemburgo, técnico do time na época, disse que o jogador ganhou o apelido pela habilidade. De fato, o técnico estava correto, mas ao contrário do que grande parte da torcida palmeirense pensa, não foi Luxa quem propagou o apelido no Verdão, mas sim Alex Mineiro.

O atacante foi companheiro de Evandro quando o meia subiu ao profissional do Athletico e, por conta das várias convocações para as seleções brasileiras de base, apelidou o jogador de "seleça". Quando reencontrou Evandro no Palmeiras, Alex Mineiro relembrou o apelido.

"Não incomoda. Muita gente não sabe, como eu ia muito pra seleção de base, quando subi o pessoal começou a falar 'ah, ele é da seleça'. E aí quando nos encontramos no Palmeiras, o Alex lembrou disso, mas foi só na época de Athletico e no Palmeiras. Meu apelido mesmo é Vado, porque meu irmão não conseguia falar Evandro e falava Vado", disse Evandro em entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

"Com um apelido desse o cara não vai gostar? Seleça é porque jogava muita bola, jogava não, ainda joga. Craque de bola, não tem como não gostar!", contou Alex Mineiro.

Evandro está encantado com o trabalho do técnico Jorge Sampaoli no Santos e classificou o argentino como melhor do que técnicos renomados com quem trabalhou na Europa, como Julen Lopetegui, ex-Porto, seleção da Espanha e Real Madrid, e Marco Silva, atualmente no Everton.

O meia recentemente declarou que atuar no esquema de Jorge Sampaoli é mais fácil do que nos outros sistemas com que já trabalhou durante a carreira. Aos poucos ganhando espaço no Santos, Evandro foi titular nos últimos dois jogos do Peixe na temporada.

Santos