Topo

O que Oswaldo pode mudar para ajeitar o Flu para jogo contra o Corinthians

Oswaldo de Oliveira é o novo técnico do Fluminense - Daniel Perpétuo/Fluminense FC
Oswaldo de Oliveira é o novo técnico do Fluminense Imagem: Daniel Perpétuo/Fluminense FC

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

22/08/2019 04h00

O primeiro compromisso do Fluminense sob o comando de Oswaldo de Oliveira ainda não terá o treinador à beira do campo. E apesar de não estar na área técnica na Arena Corinthians - o comandante será o auxiliar Marcão - o veterano já treinou a equipe ontem (21) e viajou para São Paulo, onde o Tricolor enfrenta o Corinthians, às 21h30.

E o adversário será é um velho conhecido de Oswaldo, justamente onde o técnico deu seus primeiros passos como treinador.

Auxiliar de Vanderlei Luxemburgo, Oswaldo assumiu o Alvinegro paulista quando o então treinador foi para a seleção brasileira. Por lá, conquistou o Paulistão e o Campeonato Brasileiro de 1999, além do Mundial de Clubes de 2000. Mas o que a torcida do Fluminense quer saber é: quais mudanças podem ser feitas para "ajeitar" o time antes do jogo?

A chave está na defesa, a segunda mais vazada do Campeonato Brasileiro, com 25 gols sofridos em 15 jogos. Sem Matheus Ferraz, fora da temporada, a zaga tem sido um problema para o time, e o Flu monitora opções no mercado. Nino segue como titular, mas o capitão Digão é dúvida, e caso não tenha condições de jogo, Marcão escalará Frazan, único zagueiro reserva inscrito na competição.

Oswaldo de Oliveira com Marcão em treino do Fluminense - Daniel Perpétuo/Fluminense FC
Oswaldo de Oliveira com Marcão em treino do Fluminense
Imagem: Daniel Perpétuo/Fluminense FC

Nas laterais, entretanto, a disputa está aberta. Na direita, Igor Julião barrou Gilberto e segue como titular, mas o reserva já foi atleta de Oswaldo e pode ser uma novidade na equipe nos próximos jogos. Do outro lado, o volante Caio Henrique foi mantido na lateral esquerda, mas o jovem Mascarenhas foi testado na posição no primeiro contato com o novo treinador do Flu, que não é adepto de improvisos.

O meio-campo é outro setor onde Oswaldo de Oliveira pode fazer mudanças, principalmente para reforçar a marcação. O Fluminense conta com poucos volantes no elenco, mas um deles pode entrar no setor. O próprio Caio Henrique pode voltar à sua posição de origem, em mexida que agrada a maioria dos torcedores. No banco, o técnico deve ter apenas os jovens Dodi, Caio e Zé Ricardo. Yuri não está inscrito.

Já no ataque, o problema é daqueles que o técnico "gosta" de ter. Oswaldo de Oliveira testou as entradas dos dois mais experientes da lista: Nenê atuando solto por trás dos atacantes e Wellington Nem aberto pela direita, nas vagas dos jovens João Pedro e Marcos Paulo. O versátil Yony González, artilheiro do Flu no ano com 15 gols, deve atuar centralizado, mas em constante movimentação, fazendo diagonais e abrindo na ponta para que os meias pisem na área.

CORINTHIANS X FLUMINENSE

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data e hora: 22 de agosto de 2019, às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Andres Rojas (COL)
Assistentes: John Alexander Leon (COL) e Wilmar Navarro (COL)
Árbitro de vídeo: German Delfino (ARG)

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel; Pedrinho, Júnior Urso, Mateus Vital, Clayson; Vagner Love. Técnico: Fábio Carille

FLUMINENSE
Muriel, Igor Julião, Nino, Digão (Frazan) e Caio Henrique; Allan, Daniel e Ganso; Marcos Paulo (Wellington Nem), Nenê e Yony González. Técnico: Marcão