Topo

Esporte


Em 1 ano, ele perdeu colega, ficou doente e fez pedido incomum de casamento

Bruno Brigido começou no Criciúma, atuou por mais três clubes no Brasil e hoje está no Feirense, de Portugal - Divulgação
Bruno Brigido começou no Criciúma, atuou por mais três clubes no Brasil e hoje está no Feirense, de Portugal Imagem: Divulgação

Gabriel Carneiro

Do UOL, em São Paulo

21/07/2019 04h00

Bruno Brigido é um goleiro brasileiro de 28 anos que joga atualmente pelo modesto Feirense, de Portugal. Ele começou a carreira no Criciúma, time da cidade onde nasceu, e ainda defendeu Coritiba, XV de Piracicaba e Guarani antes de começar a passagem pelo futebol europeu. Essa trajetória contou com reviravoltas e acontecimentos marcantes nos últimos meses, como a morte de um concorrente por posição, um título (dedicado ao saudoso companheiro), a sonhada transferência para a Europa, uma severa pneumonia e um noivado no mínimo inusitado.

No primeiro semestre do ano passado, Bruno disputava posição com Wallace no Guarani que disputava a Série A2 do Campeonato Paulista. Até que Wallace morreu. O carro do jogador de 22 anos perdeu o controle, atravessou o canteiro e capotou na Rodovia dos Bandeirantes. Ele não resistiu aos ferimentos. O time de Campinas decretou luto e decidiu que brigaria pelo título para dedicar a ele. Foi o que aconteceu, e Bruno Brigido não tira a campanha da memória.

"Foi um fato muito triste, nos tocou muito. Temos certeza que lá de cima ele nos deu uma mãozinha. Foi difícil para mim, porque apesar de estarmos juntos há pouco mais de um mês tivemos uma identificação muito grande. Foi difícil ir ao velório e ver meu parceiro de quarto naquele último mês ali. Dói perder alguém. Não sabemos os planos de Deus", diz o goleiro titular e camisa 1 do Guarani em 2018. A 12, de Wallace, foi aposentada durante a competição.

Logo após o título, Bruno foi vendido ao Feirense, de Portugal.

Brasileiro sentiu dores na região do tórax durante a noite e foi hospitalizado - Reprodução/Instagram
Brasileiro sentiu dores na região do tórax durante a noite e foi hospitalizado
Imagem: Reprodução/Instagram

Pneumonia atrapalha na Europa

Em janeiro neste ano, pouco após sua chegada ao futebol europeu, o goleiro brasileiro foi diagnosticado com pneumonia. Depois de um jogo importante contra o Sporting Lisboa, pela Taça de Portugal, o jogador teve dificuldades para dormir à noite por conta de dores e acabou hospitalizado. "Fiquei muito preocupado e atrapalhou muito minha situação aqui a nível profissional", conta. Foram 30 dias de internação e o triplo disso para que ele voltasse a treinar sem restrições. Ele define a doença como um "susto gigante".

No fim, foram apenas 12 partidas na primeira temporada pelo Feirense. Ele acumulou quatro vitórias, quatro empates e quatro derrotas. No momento se prepara para mais um ano no clube português, em que tem contrato até junho de 2020. "Espero que seja uma temporada diferente em todos os sentidos."

"Queres casar comigo?"

Bruno Brigido pediu a namorada Luciana Heiderscheidt em casamento em março. Os dois combinaram um salto de paraquedas, mas a mulher foi surpreendida: saltou após o namorado e quando chegou no solo se deparou com uma faixa escrito "Queres casar comigo?" e Bruno ajoelhado no gramado com as alianças. Tudo planejado com (muita) antecedência. "Eu já fiz tudo pensando no pedido. O que mais demorou foi agendar, porque só tinha data depois de 5 meses (risos)".

O goleiro e a fisioterapeuta estão juntos há oito anos e ainda não têm filhos. Só um cachorro, o schnauzer Frederico.

Esporte