Topo

Futebol


Substituto de Luan chora após gol com dica de Renato e conselho da mãe

Jean Pyerre, 20 anos, marcou primeiro gol em Libertadores na vitória que salvou Grêmio da eliminação - Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Jean Pyerre, 20 anos, marcou primeiro gol em Libertadores na vitória que salvou Grêmio da eliminação Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

11/04/2019 04h00

O primeiro gol de Jean Pyerre no ano não poderia ser mais importante. Foi do camisa 21 a conclusão que tirou o Grêmio de um cenário que poderia gerar eliminação na Libertadores. O desvio dentro da área foi pequeno, mas acabou com o goleiro do Rosario Central e fez jus às dicas de Renato Gaúcho, ao conselho da própria mãe e ao exemplo de Cristiano Ronaldo. Depois de tudo, houve choro e confissão no Twitter.

Aos 20 anos, Jean Pyerre foi o substituto de Luan nas duas partidas que o Grêmio fez após o camisa 7 ser afastado sob alegação de problemas físicos.

Antes de Luan ser barrado, o jovem já havia ganho oportunidades. Nunca entre os titulares como agora. A chance foi correspondida com o gol e depois assistência para Leonardo ampliar o placar em Porto Alegre.

"Eu estava ansioso pelo primeiro gol (no ano), já tinha passado perto e não saiu. Essa semana minha mãe falou comigo, falou para eu ficar calmo que ia sair o gol. Fui feliz com a dica do professor também. Ele fala para eu entrar na área", disse Jean Pyerre antes de ser interrompido por Renato Gaúcho, aos risos. "Aleluia! Que bom que ele reconhece, no bom sentido, que eu ajudei", brincou o treinador.

No Grêmio desde os oito anos, Jean Pyerre já atuou como volante e tem lutado para adquirir novos hábitos com e sem a bola. Um pedido recorrente é justamente esse: chutar a gol ou se posicionar dentro da área para concluir. O lembrete mais recente veio em forma de vídeo.

"Hoje (quarta), depois do gol da Juventus contra o Ajax, mandei o gol a ele. O gol do Cristiano Ronaldo. O CDD (Centro Digital de Dados, setor de análise de desempenho do Grêmio) mandou. Ele disse que entendeu o recado", contou Renato. "Quanto mais ele entrar na área, mais chances vai ter (de fazer gol)", adicionou o treinador.

Horas depois do apito final, Jean Pyerre foi ao Twitter celebrar a noite e o primeiro gol na temporada e em jogo de Libertadores. Na mensagem, o meia nem fez questão de esconder: foi às lágrimas depois de abrir o placar. "Eu não tenho palavras pra descrever esta noite, que noite. Obrigado ao apoio de todos. Seguimos adiante! Chorei azar", digitou o jovem.

O Grêmio de Jean Pyerre volta a campo no domingo, contra o Internacional, no estádio Beira-Rio. O Gre-Nal abre a decisão do Campeonato Gaúcho, às 16h (Brasília).

Futebol