PUBLICIDADE
Topo

Santos

Com Meninos da Vila como inspiração, Wagner Leonardo comemora estreia

Wagner Leonardo estreou pelos profissionais do Santos contra o América-RN - Ivan Storti/Santos FC
Wagner Leonardo estreou pelos profissionais do Santos contra o América-RN Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

08/03/2019 20h05

O zagueiro Wagner Leonardo, de 19 anos, estreou no time profissional do Santos na partida de ontem, a goleada por 4 a 0 sobre o América-RN, pela Copa do Brasil. Cria das categorias de base do Peixe, o defensor tem como inspiração os "Meninos da Vila da zaga" que são seus companheiros de elenco.

Dos seis defensores do elenco santista, quatro são formados nas categorias de base do Peixe: os já firmados Gustavo Henrique e Lucas Veríssimo e o jovem Kaique Rocha, de 18 anos. Os dois mais velhos são as principais inspirações de Wagner Leonardo.

"O Santos revela muitos jogadores ofensivos, mas também forma ótimos zagueiros, como Gustavo Henrique e Lucas Veríssimo. Por virem do mesmo lugar que estou vindo, tenho os dois como minhas maiores inspirações na posição. A gente acaba tendo essa identificação maior por saber que eles passaram por tudo que eu passei até chegar aqui", disse o zagueiro.

Palha, como era conhecido nas categorias de base, subiu ao elenco profissional após ser um dos poucos destaques do time na fraca campanha Copa São Paulo de Futebol Jr deste ano, quando o Peixe foi eliminado ainda na primeira fase. Ele aguardou sua oportunidade, mas revela que sequer acreditou quando Sampaoli o chamou no banco de reservas.

"Você espera tanto por uma oportunidade, mas acaba nem acreditando quando ela aparece, né!? Comigo foi assim, na hora nem acreditei que era real quando o Sampaoli me chamou. Mas tem que estar preparado, treinei bastante durante todos esses dias para aproveitar essa chance da melhor forma possível", ressaltou.

O zagueiro chegou ao Santos em 2009, aos 9 anos de idade, e foi aprovado no Peixe pelo técnico Emerson Ballio, hoje na categoria sub-15 do clube. Além de atuar na defesa, Wagner Leonardo também pode jogar como volante, posição que se destacou na Copinha, e até lateral-esquerdo, como atuou em alguns jogos na base.

Santos