PUBLICIDADE
Topo

Santos

Felipe Aguilar admite erros contra o Ituano, mas destaca volta por cima

UOL
Imagem: UOL

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

21/02/2019 12h29

O zagueiro Felipe Aguilar está perto de completar um mês no Santos. Depois de um início um tanto conturbado, o colombiano começa a se firmar na defesa santista após a lesão de Luiz Felipe e deve ser titular no clássico deste sábado contra o Palmeiras, às 19h, no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista.

Em seu segundo jogo como titular do Santos, o zagueiro falhou diretamente em três dos cinco gols da goleada de 5 a 1 sofrida para o Ituano. Ele admite a atuação ruim, mas salienta que não temeu que a partida fosse atrapalhar seu desenvolvimento no Peixe.

"Nunca temi. Tive uma má partida contra o Ituano, logicamente as críticas caem pelos erros e por ser estrangeiro. Tive confiança em mim e o técnico também teve. Críticas sempre terão por parte da torcida. Estive tranquilo e fui implementar novas coisas no trabalho", disse em coletiva nesta manhã no CT Rei Pelé.

Depois disso, Felipe Aguilar foi titular em outros quatro jogos e ajudou a defesa santista a ser vazada apenas uma vez: na goleada por 7 a 1 sobre o Altos-PI, pela Copa do Brasil. Aos 26 anos, o colombiano está feliz com a oportunidade no Brasil e acredita que vem evoluindo e dando a volta por cima.

"Penso que estar no Brasil é uma coisa maravilhosa para mim, ter dado continuidade no futebol brasileiro. É minha primeira experiência fora da Colômbia, foram somente sete jogos, mas já senti evolução, consegui coisas boas", opinou.

Mesmo com a possibilidade do técnico Jorge Sampaoli poupar titulares diante do Palmeiras pensando na Copa Sul-Americana, a tendência é que Aguilar seja titular ao lado de Gustavo Henrique, já que Luiz Felipe e Lucas Veríssimo ainda se recuperam de lesão. Além deles, o elenco conta com apenas mais duas opções: os jovens Kaique Rocha, de 17 anos, e Wagner Leonardo, de 19, sendo que ambos nunca jogaram uma partida no profissional.

Santos