PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Espérance vence Chivas nos pênaltis e termina o Mundial em quinto

Tunisianos jogaram melhor e levaram o 5º lugar na disputa por pênaltis - REUTERS/Suhaib Salem
Tunisianos jogaram melhor e levaram o 5º lugar na disputa por pênaltis Imagem: REUTERS/Suhaib Salem

Do UOL, em São Paulo (SP)

18/12/2018 13h46

O Espérance, da Tunísia, terminou o Mundial de Clubes da Fifa com o quinto lugar. Nesta terça-feira (18), o campeão africano derrotou o Chivas Guadalajara-MEX por 6 a 5, nos pênaltis, e fechou a sua participação na competição disputada nos Emirados Árabes Unidos. No tempo normal, o duelo terminou empatado por 1 a 1 ao fim dos 90min.

Favorito diante dos africanos, o Chivas, eliminado pelo Kashima Antlers-JAP nas quartas de final, precisou de um minuto para ter a primeira situação clara para sair em vantagem. Zaldivar caiu na área após tentativa de passe e reclamou de dores. O lance gerou a primeira intervenção do VAR na partida, favorecendo desta vez os mexicanos. 

Depois de consulta, a arbitragem concedeu pênalti por considerar a entrada sobre Zaldivar faltosa. Sandoval, aos 4min, cobrou com força a infração e abriu o placar para o Chivas Guadalajara.

O lance de gol mudou totalmente a postura do time da Concacaf. Os mexicanos adotaram uma postura mais reativa e viram o adversário crescer.

Aos 37min, depois de nova consulta ao VAR, o árbitro marcou pênalti para o Espérance, que crescia no jogo e ameaçava surpreender os mexicanos. Belaili cobrou com categoria e empatou para a equipe derrotada pelo Al Ain, time da casa, na fase anterior.

O gol animou o campeão africano, que dominou boa parte da segunda etapa. A indisciplina, contudo, atrapalhou o Espérance. Badri e Rebai, este último já nos acréscimos, acabaram expulsos.

 O Chivas, por outro lado, pouco incomodou o gol adversário e trabalhou para decidir o quinto lugar nos pênaltis. Tanto que o técnico José Cardoso tirou o goleiro titular Gudino para a entrada do reserva Jiménez. Não adiantou, e os tunisianos terminaram com o quinto lugar do Mundial de Clubes nas penalidades.

Futebol