PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Diante de impasse com Al-Ittihad, Cruzeiro trabalha para enfrentar Atlético sem Diego Souza

Anunciado em dezembro, Diego Souza ainda não tem condições legais de jogo - Washington Alves/Vipcomm
Anunciado em dezembro, Diego Souza ainda não tem condições legais de jogo Imagem: Washington Alves/Vipcomm

Gabriel Duarte

Do UOL, em Belo Horizonte

31/01/2013 06h15

O Cruzeiro trata como quase certa a ausência do armador Diego Souza no clássico com o Atlético-MG, domingo, às 17h, no Mineirão. Devido ao imbróglio com o Al-Ittihad, último clube do jogador e que cobra uma compensação pela transferência, o diretor de futebol, Alexandre Mattos, avisa ao torcedor celeste para não criar “expectativa” quanto à presença do meia.

“O Diego Souza, todo mundo sabe, saiu do Al-Ittihad, por problema de falta de pagamento, um problema particular do Diego com os árabes. No dia 14 de janeiro foi aberta a janela de transferência para o exterior e entramos nesse dia. Existia um prazo de 15 dias para a transferência. No dia 22, responderam negando a transferência, dizendo que tinha contrato”, explicou o diretor de futebol, Alexandre Mattos.

O diretor celeste disse que o clube mineiro respondeu à negativa, acionando a Confederação Brasileira de Futebol, que já avisou a Fifa sobre o impasse e que, segundo o dirigente do Cruzeiro, tem uma previsão que o caso se resolva entre 15 e 20 dias.

Ricardo Goulart é registrado na CBF e tranquiliza Marcelo Oliveira para clássico com Atlético

  • Washington Alves/Vipcomm

    O nome do meia-atacante Ricardo Goulart, um dos 13 reforços contratados pelo Cruzeiro para esta temporada, foi publicado pelo Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na tarde desta quarta-feira. Dessa forma, o jogador, que estava no Goiás, tem condições legais de fazer sua estreia oficial pelo time celeste no clássico contra o Atlético-MG, no próximo domingo, na reabertura do Mineirão. Com a situação contratual regularizada, Ricardo Goulart surge como primeira opção do técnico Marcelo Oliveira caso o titular da posição, nos treinos e jogos da pré-temporada, Diego Souza, não tenha o seu contrato registrado na CBF até a próxima sexta-feira.

“No dia 23 recebemos, dia 24 entramos com o pedido na Fifa e a Fifa não tem data prevista para responder. Quinze a 20 dias é a previsão, mas é uma previsão, pode ser que respondam amanhã, ou nesse período”, disse o dirigente.

O técnico Marcelo Oliveira já foi avisado da situação e deve escalar Ricardo Goulart, regularizado na quarta-feira, no meio-campo diante do rival alvinegro. Alexandre Mattos avisou ao torcedor para não criar “expectativas”.

“Já foi avisado ao treinador a possibilidade remota de a regularização acontecer. Não temos muita expectativa, queria passar isso ao torcedor, para não ter essa expectativa”, avisou.

Futebol