PUBLICIDADE
Topo

Blog do Rodrigo Mattos

Flamengo recebe proposta da Amazon e analisa trocar patrocinador master

Thiago Ribeiro/AGIF
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF
Rodrigo Mattos

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de ?O Estado de S. Paulo? em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

04/03/2020 18h27

A diretoria do Flamengo recebeu propostas para um patrocínio master de sua camisa da Amazon para substituição ao banco BS2. O valor é maior do que os R$ 15 milhões garantidos do banco. O clube informou ao atual patrocinador e agora avalia o que foi apresentado. Não há nada fechado, mas há a possibilidade de uma troca.

A informação sobre a Amazon foi publicada primeiro no "Globo esporte", e confirmada pelo blog.

O contrato com o BS2 foi assinado em abril de 2019. Seu valor fixo é de R$ 19 milhões por ano, mais uma renda variável por adesão de torcedores rubro-negros a uma conta do clube. Anteriormente, o Flamengo recebia R$ 25 milhões da Caixa Econômica Federal até 2018.

Pelo acordo com o BS2, o Flamengo estava autorizado a receber propostas mesmo o acordo indo até o final de 2020. Por isso, o clube informou e passou a conversar com o atual patrocinador master para tomar uma decisão sobre as propostas feitas. A multa para rescisão é de R$ 2 milhões. Portanto, para valer a pena para o clube, uma proposta tem que ser a partir de R$ 21 milhões.

Informação entre dirigentes rubro-negros indica que há mais de uma proposta, isto é, outra empresa interessada na camisa do clube além da Amazon. A questão é que, atualmente, a maior parte das propriedades rubro-negras do uniforme foi negociada com parceiros.

O orçamento do Flamengo tem uma previsão de crescimento de receita de 36%, saltando de R$ 97 milhões para R$ 126 milhões. Fora o patrocinador master, que tinha caído com a saída da Caixa, o clube tem conseguido reajustes nos valores pagos pelas propriedades de sua camisa.

Blog do Rodrigo Mattos