PUBLICIDADE
Topo

Perrone

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Ajax dificulta saída de Antony, mas conversas com Manchester United seguem

Antony durante treino da seleção na Granja Comary - Lucas Figueiredo/CBF
Antony durante treino da seleção na Granja Comary Imagem: Lucas Figueiredo/CBF
Perrone

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

07/07/2022 10h48

De um lado, a insistência do Manchester United em contratar o jogador. Do outro, a postura do Ajax de quem não está muito interessado em vendê-lo.

É dessa forma que os dois clubes ainda conversam sobre a possibilidade de Antony defender o time inglês.

Nesse ritmo as tratativas são difíceis, mas existe a possibilidade de um desfecho positivo de acordo com fonte que acompanha as conversas.

Um ponto que torna a missão do United mais complicada é o fato de na Holanda não existir multa rescisória obrigatória estipulada nos contratos dos jogadores.

No caso de Antony, não há uma quantia que obrigue o Ajax a liberar o atacante ou que sirva de referência na negociação.

Antony tem contrato até o fim de junho de 2025. Seu estafe vê com bons olhos uma transferência para o United, conforme apurou a coluna.