PUBLICIDADE
Topo

Perrone

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Representação contra conselheiro corintiano por ato machista é arquivada

Mané da Carne é um dos principais aliados de Andrés no Corinthians - Reprodução
Mané da Carne é um dos principais aliados de Andrés no Corinthians Imagem: Reprodução
Perrone

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

19/01/2022 04h00

A Comissão de Ética e Disciplina do Conselho Deliberativo do Corinthians arquivou representações contra o conselheiro Manoel Ramos Evangelista, o Mané da Carne. Ele foi acusado de praticar ato machista contra a conselheira Analu Tomé.

Ela e Suzy Miranda Sanchez, também conselheira, acionaram o órgão depois de duas atitudes de Mané da Carne num grupo de WhatsApp com conselheiros do clube.

Primeiro, o conselheiro mandou Analu arrumar um tanque de roupa para se divertir. Depois, ele enviou áudio dizendo, entre outras afirmações, que: "uma mulher me ofendeu, vou pra cima dela e dou-lhe murro mesmo'.

"A comissão só pode atuar em ações que os conselheiros cometam no clube", disse à coluna André Luiz de Oliveira, presidente da comissão, ao explicar o arquivamento.

"Peço providência exemplar nesse caso, a fim de desestimular casos de misoginia e agressão contra a mulher no Corinthians", diz trecho de representação assinada por Analu e pela conselheira Susy Miranda Sanchez.

Elas podem apresentar recurso contra o arquivamento à mesa do Conselho Deliberativo. No entanto, Analu disse à coluna que não irá recorrer (leia o depoimento da conselheira ao final do post).

No último dia 21, o conselheiro Carlos Roberto Elias, relator do caso, apresentou parecer indicando o arquivamento, que foi aceito pelos componentes do órgão.

"O denominado grupo digital (WhatsApp) não tem previsão estatutária ou regulamento próprio que o estabeleça de canal oficial de comunicação entre os conselheiros", escreveu Elias em seu parecer.

"Desta forma, não sendo meio de comunicação oficial, eventuais ofensas entre seus usuários deverão ser resolvidas na esfera comum, estando afastada a incidência deste órgão para a referida lide", diz outra parte do parecer do relator.

Mané da Carne e o presidente da Comissão de Ética e Disciplina pertencem ao grupo político de Andrés Sanchez. Ambos estão entre os principais aliados do ex-presidente no Parque São Jorge.

A seguir, o depoimento da conselheira do Corinthians Analu Tomé sobre o arquivamento.

Eu sabia que não ia dar em nada mesmo, entendeu? E eu não entendi, eles falam que o WhatsApp não é um grupo oficial, mas o que que seria oficial para eles?

Eu ser agredida dentro do clube? Ou então quer dizer que esse senhor pode ofender em rede social todo mundo e vai ficar impune.

Os conselheiros têm que se comportar dentro e fora do Corinthians de uma forma que não atinja o nome do Corinthians.

Eu acho que esse tipo de atitude desse conselheiro só afeta a imagem do Corinthians. É uma pena.

Eu já sabia que não ia dar em nada porque a gente sabe que é uma pessoa poderosa lá dentro, né? Tem muitos amigos influentes. Ele é uma pessoa influente. Então ele sabe que ele está acima da lei né? Ele sabe que ele não vai ser punido e mas mesmo assim eu fiz o que eu deveria fazer.

E eu, quando eu recebi esse documento (parecer indicando o arquivamento), eu até achei engraçado porque o Elias, que foi o relator, ele fez todo esse texto contando a história do feminismo, né? Como se eu não soubesse, e faz esse texto lindo, longo, ele realmente pesquisou muito bem quando ele fala dos direitos da mulher. Só que no final você vê que nada adianta, né? Todas as conquistas que nós mulheres fizemos desde então, nessas horas dão conta , né? Então, eu não sei o que para eles seria realmente um desrespeito, né? Porque ele não desrespeitou só a mim.

Ele desdenhou da lei Maria da Penha. E a gente sabe da história da lei Maria da Penha no Brasil. Nós sabemos o quanto as mulheres sofrem com o machismo aqui no Brasil. Quantas mulheres morrem em poucas horas no Brasil, e o quanto é importante a Lei Maria da Penha. E você desdenhar de uma lei dessas é um desrespeito não só a mim, mas a todas as mulheres.

E e ele também disse que ele trata no soco, né? Ou seja, ele deu todas as justificativas para ser punido. E não foi. Aí, nessas horas você vê como é a impunidade no Brasil. Quando você é uma pessoa influente você não é punido. Agora se ele fosse uma pessoa, um negro, pobre na favela, com certeza ele estaria preso hoje em dia, né? Mas como ele é um homem branco, hétero e influente, nada acontece com ele.

Não vou recorrer porque é um desgaste muito grande para mim, né? Me desgastar com esse tipo de coisa, eu fiz o que deveria ser feito e eu não vou recorrer porque eu sei que não vai dar em nada, mas eu quero que todos saibam que comigo não vai ficar desse jeito, né?

Eu não vou me calar perante a injustiça, perante o desrespeito, perante o preconceito. E eu acho que é uma das funções nossas no conselho, vigiar e fiscalizar isso. E você vê o que aconteceu com o Danilo Avelar, né? Ele foi racista num jogo, e ele foi punido dentro do Corinthians. Agora, um conselheiro foi machista, foi misógino e foi desrespeitoso com a lei Maria da Penha e não foi punido. Então são dois pesos e duas medidas. É totalmente incoerente a decisão, é incoerente e é hipocrisia. Porque o Corinthians tem a hashtag respeita as minas, mas de fato não leva isso ao pé da letra. Na verdade é um jogo de marketing ligado ao futebol feminino, apenas.

Mas dentro do Corinthians, com as conselheiras, com as mulheres corintianas ainda tem o desrespeito.

Inscreva-se no canal do Ricardo Perrone no YouTube.

Siga o Perrone no TikTok: @ricardo.perrone