PUBLICIDADE
Topo

Emprestados por Palmeiras e Corinthians custam mais do que os de 17 clubes

Deyverson comemora gol do Getafe sobre o Ajax: um dos emprestados pelo Palmeiras - Quality Sport Images/Getty Images
Deyverson comemora gol do Getafe sobre o Ajax: um dos emprestados pelo Palmeiras Imagem: Quality Sport Images/Getty Images
Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

16/06/2020 04h00

No dia 28 de maio o blog publicou a lista de jogadores emprestados pelos clubes da Série A. Agora, levantamento do BR Contracts mostra quanto custam mensalmente, somados os salários, esses atletas cedidos por para cada um dos integrantes da primeira divisão nacional.

Os de Palmeiras e Corinthians, time com mais jogadores liberados por empréstimo (24), juntos recebem mais do que a soma da remuneração de jogadores liberados temporariamente por 17 dos outros 18 participantes daquela que é chamada a "elite" do futebol brasileiro.

O custo mensal dos profissionais cedidos por empréstimo por Internacional, Bahia, São Paulo, Atlético, Grêmio, Botafogo, Athletico, Coritiba, Vasco, Fluminense, Goiás, Fortaleza, Sport e Red Bull Bragantino soma R$ 4,020 milhões. Os de Palmeiras e Corinthians atingem R$ 4,1 milhões mensais.

Os clubes que pegam esses jogadores emprestados obviamente pagam seus salários, mas em muitos casos não 100%. Nessa situação, geralmente o que tem o profissional sob contrato completa o valor. Isso significa que na lista abaixo, muitas dessas agremiações pagam parte da conta sem usar os atletas.

Quanto custaria a cada clube se não estivessem emprestados (em R$):
Palmeiras - 2,3 milhões
Corinthians - 1,8 milhão
Flamengo - 700 mil
Internacional - 630 mil
Bahia - 610 mil
São Paulo - 560 mil
Atlético/MG - 470 mil
Grêmio - 455 mil
Botafogo - 340 mil
Athletico - 185 mil
Coritiba - 180 mil
Vasco - 170 mil
Fluminense - 165 mil
Goiás - 140 mil
Fortaleza - 60 mil
Sport - 30 mil
Red Bull Bragantino - 25 mil

Mauro Cezar Pereira