PUBLICIDADE
Topo

Neymar vira brasileiro mais "decisivo" da Liga e melhor parceiro de Messi

Do UOL, em São Paulo

12/05/2015 16h21

Neymar marcou duas vezes contra o Bayern de Munique e atingiu duas marcas de respeito. De uma vez só, o atacante tornou-se o brasileiro com mais gols na história do mata-mata da Liga dos Campeões e ainda chegou a 37 gols na temporada, marca que faz dele o parceiro de Lionel Messi que mais vezes marcou, superando os 36 de Samuel Eto'o em 2008/09. Com os dois gols do brasileiro, o time alemão ainda venceu por 3 a 2, mas não conseguiu evitar a eliminação.

A marca na Liga leva em consideração todas as edições com o atual formato, com mata-mata desde as oitavas de final - desde 2003/04, portanto. Até o começo do jogo desta terça, Neymar tinha quatro gols marcados e estava a um de Kaká, que tinha feito cinco em 2006/07, quando sagrou-se campeão com o Milan.  

Neymar ainda não conquistou o título, mas tem muito mérito pela provável ida do Barcelona à decisão. Em todo o torneio, o ex-santista marcou contra PSG (5), Ajax (1) e Bayern de Munique (3). Destes, seis gols foram marcados das quartas de final em diante, o que mostra o poder de decisão do atacante, hoje vice-artilheiro da competição ao lado de Cristiano Ronaldo. 

Além disso, Neymar ainda supera a marca histórica de Samuel Eto'o. É o jogador que mais dividiu protagonismo com Lionel Messi em termos de artilharia. Os 37 gols na atual temporada contabilizam a melhor marca dele na Europa, mas ainda estão atrás das 43 bolas que ele colocou nas redes em 2012, quando ainda atuava pelo Santos.

Nesta terça, foi ele quem fez o Barcelona parar uma possível reação do Bayern, que perdeu o jogo de ida por 3 a 0 e precisava devolver a pancada para sonhar com uma ida às finais. Benatia abriu o placar aos 6 minutos do primeiro tempo e deu esperanças, mas Neymar marcou aos 14 e aos 28 minutos, as duas vezes em passes de Suárez, e virou o jogo.

É, indiscutivelmente, a melhor fase de Neymar na Europa. O brasileiro marcou nos últimos sete jogos do Barcelona (PSG, Espanyol, Getafe, Córdoba, Bayern, Real Sociedad e Bayern de novo), sequência que nunca havia alcançado, e está muito próximo de chegar à primeira final de Liga dos Campeões da carreira.
 

Futebol