PUBLICIDADE
Topo

Futebol Americano

Brady desafia idade, acumula recordes e vai em busca de 7º Super Bowl

Tom Brady comemora vitória do Tampa Bay Buccaneers sobre o Green Bay Packers, que deu vaga ao seu time no Super Bowl - Dylan Buell/Getty Images
Tom Brady comemora vitória do Tampa Bay Buccaneers sobre o Green Bay Packers, que deu vaga ao seu time no Super Bowl Imagem: Dylan Buell/Getty Images

Rafael Belattini

Colaboração para o UOL

25/01/2021 08h44

Aos 43 anos, Tom Brady segue estabelecendo recordes na NFL e não dá sinais de quando chegará ao fim a carreira de um dos maiores jogadores de todos os tempos.

Depois de conquistar seis títulos do Super Bowl com o New England Patriots, o quarterback vai em busca de seu sétimo anel vestindo a camisa do Tampa Bay Buccaneers, que ontem venceu o Green Bay Packers por 31 a 26 e levou o título da Conferência Nacional.

Seus seis anéis já são um recorde para um jogador, com um a mais que o ex-defensor Charles Haley, que venceu as cinco finais que disputou. Mas o dono da mais famosa camisa 12 dos esportes americanos ainda quer mais.

Com 21 anos na liga e em sua 19ª temporada completa como titular, Brady amplia seu recorde com a 10ª aparição na grande decisão, quebrando ainda uma "maldição" de colocar pela primeira vez uma franquia para disputar o título em seu estádio.

No dia 7 de fevereiro, no Raymund James Stadium, o quarterback irá ampliar o recorde de mais velho quarterback a disputar a decisão, tornando-se também o mais velho jogador em campo na final, superando o ex-kicker Matt Stover, que jogou a decisão da temporada 2009 com o Indianapolis Colts com 42 anos e 11 dias.

Com um histórico de 33 vitórias em pós-temporada, Tom Brady agora ultrapassou o San Francisco 49ers, seu time do coração, no número de triunfos em playoffs, ficando atrás apenas dos Patriots (37), Packers (36), Steelers (36) e Cowboys (35).

Com indicações de que pretende voltar a defender os Buccaneers na próxima temporada, resta saber se algum recorde não pertencerá a Tom Brady quando ele finalmente decidir que é hora de parar de jogar.

Futebol Americano