PUBLICIDADE
Topo

Futebol Americano

Cairo Santos renasce na NFL após dispensas e até quebra recorde pessoal

Kicker brasileiro Cairo Santos em ação pelo Chicago Bears - NurPhoto / Colaborador
Kicker brasileiro Cairo Santos em ação pelo Chicago Bears Imagem: NurPhoto / Colaborador

Lucas Tieppo

Colaboração para o UOL

26/10/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Após passagens ruins, Cairo Santos vive bom momento atuando no Chicago Bears
  • Kicker acertou todos os chutes que arriscou nas últimas três partidas
  • Brasileiro quebrou seu recorde pessoal ao acertar um field goal de 55 jardas
  • Ainda assim, Cairo não tem emprego garantido e precisa mostrar desempenho a cada jogo

A vida de kicker na NFL não é fácil, e Cairo Santos é a prova disso. O brasileiro vive grande momento no Chicago Bears, tem sido decisivo em vitórias importantes da equipe e até quebrou um recorde pessoal, mas seu emprego segue em risco. Por isso, cada jogo é uma decisão para o camisa 2.

Cairo ganhou a oportunidade de defender novamente o time de Chicago por conta da ausência do titular Eddy Piñeiro, que lida com uma lesão na virilha desde os treinos da pré-temporada e segue em recuperação. O brasileiro foi contratado justamente para servir de opção caso Piñeiro não tivesse condições físicas de iniciar a temporada em campo. E foi o que aconteceu.

Titular desde a semana 1, Cairo tem sido peça importante na campanha de cinco vitórias e uma derrota dos Bears. O brasileiro tem crescido de produção depois de um início pouco empolgante, emendou duas partidas excepcionais e tem 100% de aproveitamento nas últimas três rodadas.

Na semana 5, ele acertou o chute que deu a vitória do time de Chicago sobre o Tampa Bay Buccaneers de Tom Brady por 20 a 19, em jogo do horário nobre transmitido para todo o território dos Estados Unidos. Na semana 6, acertou os três chutes que garantiram o triunfo sobre o Carolina Panthers, fora de casa, por 23 a 16.

Na partida contra os Panthers, Cairo ainda acertou um field goal de 55 jardas, quebrando seu recorde pessoal desde 2014, ano em que entrou na NFL.

Para coroar o grande momento, o brasileiro foi eleito o jogador da semana entre os atletas dos times especiais da Conferência Nacional da liga, prêmio bastante relevante para um atleta da posição dele. No geral, Cairo acertou 10 dos 12 chutes que tentou na temporada, aproveitamento de 83,3%, o que o coloca no top 15 da posição.

O bom momento de Cairo, no entanto, não o garante nos Bears. O contrato dele é válido até o fim da temporada, mas Piñeiro pode retornar ao time a qualquer momento. Se ele retornar, será para disputar a titularidade com o brasileiro.

Uma reportagem do Chicago Sun Times revelou que o técnico Matt Nagy confia mais em Cairo do que em Piñeiro, apesar de não dizer isso publicamente. "Vou ser honesto: estou realmente nesse estado [de confiança] agora com ele. Eu sei disso. Aquele de 55 jardas, não me chocou que ele acertou", disse o treinador.

Enquanto luta para seguir empregado, Cairo mostra que voltou a jogar no mesmo nível que tinha com a camisa do Kansas City Chiefs, time que defendeu entre 2014 e 2017. Ao ser cortado por lesão, ele passou por Chicago Bears, no fim da temporada 2017, Los Angeles Rams e Tampa Bay Buccaneers, em 2018, e Tennessee Titans, no ano passado.

Cairo Santos e o Chicago Bears entram em campo nesta segunda-feira (26) contra o Los Angeles Rams, fora de casa, às 21h15 (de Brasília), em mais um jogo no horário nobre. Outra chance para o brasileiro causar boa impressão.

Futebol Americano