PUBLICIDADE
Topo

Futebol Americano


Zebra da NFL tem jogador imparável e dispensou brasileiro na temporada

Derrick Henry sorri durante vitória do Tennessee Titans sobre o Baltimore Ravens - Geoff Burke/USA TODAY Sports
Derrick Henry sorri durante vitória do Tennessee Titans sobre o Baltimore Ravens Imagem: Geoff Burke/USA TODAY Sports

Lucas Tieppo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

14/01/2020 12h00

Resumo da notícia

  • Titans eliminaram Patriots e Ravens nos playoffs da NFL
  • Time está na final da Conferência Americana pela primeira vez desde 2002
  • Próximo adversário é o também favorito Chiefs. Zebra vai aprontar de novo?
  • Titans dispensou o brasileiro Cairo Santos após kicker errar quatro chutes

O Tennessee Titans tornou-se a principal história dos playoffs da atual temporada da NFL. "Patinho feio" dos Playoffs da Conferência Americana, o time desbancou favoritos e chegou à disputa por uma vaga no Super Bowl pela primeira vez desde a temporada 2002. Para isso, o time, que dispensou o brasileiro Cairo Santos durante a campanha, conta com a fase incrível de Derrick Henry.

No caminho rumo à decisão do próximo domingo (19), contra o também favorito Kansas City Chiefs, os Titans deixaram para trás o New England Patriots, atuais campeões da NFL sob o comando de Tom Brady, e o Baltimore Ravens, melhor time da temporada liderado pelo provável MVP da liga neste ano, o quarterback Lamar Jackson.

Para isso, contam com o poderio ofensivo de Derrick Henry. O running back está em grande fase e se tornou o primeiro jogador da história da NFL a somar mais de 180 jardas terrestres em três jogos seguidos. O camisa 22 também liderou a liga na temporada regular, com 1540 jardas e 16 touchdowns.

Além disso, mostrou que pode fazer muito mais pelo time. Henry, que tem 112 quilos e 1,91 metro de altura, fez as vezes de quarterback e lançou uma bola para o touchdown de Corey Davis.

A equipe liderada por Mike Vrabel tem uma defesa muito forte, capaz de parar Brady e Jackson e segurar o poderoso ataque dos Ravens a apenas 12 pontos, algo inédito na temporada.

A equipe também conta com um personagem que conseguiu uma reviravolta na carreira. O quarterback Ryan Tannehill chegou aos Titans para ser reserva do antigo titular, Marcus Mariota. Quando ganhou a vaga, o time tinha duas vitórias e quatro derrotas.

Tannehill mudou a cara do time, apresentou desempenho acima da média e fez com que os torcedores do Miami Dolphins, seu ex-time, lamentassem a troca feita antes do começo da temporada.

Ao se classificar com a sexta melhor campanha da AFC com nove vitórias e sete derrotas, o time assumiu o papel de zebra e gostou, eliminando favoritos e calando estádios temidos por muitos times da liga.

Agora, o rival é o Kansas City Chiefs de Patrick Mahomes, conhecido por seu malabarismo com a bola oval nas mãos. Mas se o adversário é forte e será mais um desafio e tanto para a defesa dos Titans, o jogo terrestre de Henry e companhia pode ser efetivo contra a defesa do adversário, que cede mais de 128 jardas por jogos só pelo chão, pior marca no quesito entre os times que avançaram para os playoffs.

Os Titans chegaram ao Super Bowl apenas uma vez, na temporada 1999, quando foram derrotados pelo St. Louis Rams, hoje Los Angeles Rams, por 23 a 16. A última final da Conferência Americana foi em 2002, quando perderam para o Oakland Raiders. Desde então, o time colecionou poucas temporadas de destaque na NFL. Porém, parece que a hora da equipe de Tennessee enfim chegou.

Brasileiro dispensado

O kicker brasileiro Cairo Santos perdeu a oportunidade de fazer história pelos Titans. Santos defendeu o time em cinco partidas da temporada regular, mas acabou dispensado no começo de outubro após errar quatro field goals na derrota para o Buffalo Bills.

Desde então, Cairo está sem time na NFL, enquanto os Titans têm Greg Joseph no elenco para a função.

Band: Time de futebol americano da Portuguesa une torcidas rivais

Band Esportes
Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado, os Titans são da Conferência Americana, não da Nacional.
ESPN, Ei PLus e Fox Sports

Assista aos jogos e programas de ESPN, EI Plus e Fox Sports sem TV a cabo.

Futebol Americano