PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

Palmeiras é o 2º brasileiro com mais finais de Libertadores

Rony tenta escapar da marcação durante Palmeiras x River Plate pela Copa Libertadores 2020 - REUTERS/Amanda Perobelli
Rony tenta escapar da marcação durante Palmeiras x River Plate pela Copa Libertadores 2020 Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do Uol

12/01/2021 23h32

Foi sofrido e inesperado, mas o Palmeiras está na final da Libertadores. Depois de vencer o River Plate na Argentina no jogo de ida da semifinal, o alviverde foi derrotado em casa, no Allianz Parque, nesta terça-feira (12), por 2 x 0, mas garantiu vaga para sua 5ª decisão da competição.

Vice-campeão em 1961, 1968 e 2000 e campeão em 1999, o Palmeiras é agora o segundo clube brasileiro com mais finais de Libertadores (5), ao lado do Grêmio, e atrás apenas do São Paulo, que disputou 6 finais. Depois de 20 edições, o Palmeiras está de volta à decisão, esperando agora a definição da outra semifinal entre Santos e Boca Juniors, curiosamente para quem perdeu sua última final, em 2000.

Curiosamente, essa é a 3ª das 5 finais que o Palmeiras chega com um técnico estrangeiro no comando. Em 1961, o alviverde foi vice-campeão, depois de perder para o Peñarol-URU, sob o comando do argentino Armando Renganeschi. Em 1968, quando foi derrotado pelo Estudiantes-ARG, na final, o técnico era Alfredo González, também argentino. Agora, dirigido pelo português Abel Ferreira, o time busca seu segundo título da competição.

A final da Libertadores será disputada em jogo único, no próximo dia 30 de janeiro, às 17h, no Maracanã. O campeão garante vaga no Mundial de Clubes da Fifa no Catar, que será realizado na primeira semana de fevereiro.