PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

Rony supera os números de Bruno Henrique, o melhor da Libertadores 2019

Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do Uol

06/01/2021 10h33

Autor do primeiro gol do Palmeiras na vitória sobre o River Plate por 3 x 0, em Avellaneda, nessa terça-feira (5), o atacante Rony chegou a marca de 5 gols na Libertadores. Líder em assistência na competição (7), o atacante é o jogador com mais participações em gols na atual edição (12 no total).

O ótimo desempenho de Rony pelo Palmeiras até esse jogo de ida já o fez superar as marcas de Bruno Henrique, campeão pelo Flamengo em 2019 e eleito o melhor jogador da última Libertadores. No ano passado, o atacante do rubro-negro marcou 5 gols e o foi o líder em assistências (6), participando de 11 gols do Fla na competição.

De acordo com o site SofaScore, Rony leva vantagem ainda sobre Bruno Henrique, comparando o desempenho dele na Libertadores 2020 e do flamenguista na edicão de 2019, em outras estatísticas. O atacante do Verdão, que disputou 9 jogos contra 13 de Bruno Henrique, precisa de apenas 56 minutos para participar de gol contra 111 de BH. Além disso, apesar de finalizar menos (17 contra 30), Rony é mais preciso, já que ambos marcaram 5 gols cada.

Nas últimas cinco edições da Libertadores, Rony, aliás, já o jogador com mais participações em gols e também com mais assistências na Libertadores.

Mais participações em gols nas últimas edições da Libertadores:
2020 - Rony (Palmeiras) - 12 (5 gols e 7 assistências)
2019 - Bruno Henrique (Flamengo) - 11 (5 gols e 6 assistências)
2018 - Borja (Palmeiras) - 9 (9 gols)
Morelo (Santa Fé-COL) - 9 (9 gols)
2017 - Chumacero (The Strongest-BOL) - 10 (8 gols e 2 assistências)
Alonso (The Strongest-BOL) - 10 (5 gols e 5 assistências)
2016 - Sosa (Pumas-MEX) - 10 (8 gols e 2 assistências)

Mais assistências nas últimas edições da Libertadores:
2020 - Rony (Palmeiras) - 7
2019 - Bruno Henrique (Flamengo) - 6
2018 - Egídio (Cruzeiro) - 6
2017 - Lucas Lima (Santos) - 6
2016 - Luan (Grêmio) - 4
Luis Leal (Cerro Porteño-PAR) - 4
Seijas (Santa Fé-COL) - 4
Paulo Henrique Ganso (São Paulo) - 4
Marlos Moreno (Atlético Nacional-COL) - 4

Com esse desempenho, será que ele levará o prêmio de melhor jogador da Libertadores? Por enquanto, sim.

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)