PUBLICIDADE
Topo

Olhar Olímpico

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Zé Roberto chama Gattaz e Fê Garay pensando na Olimpíada

Carol Gattaz - Wander Roberto/Inovafoto/CBV
Carol Gattaz Imagem: Wander Roberto/Inovafoto/CBV
Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

09/04/2021 18h18

O técnico José Roberto Guimarães anunciou hoje (9) a segunda lista de convocadas do ano para a seleção feminina de vôlei. A principal novidade é a volta da veterana Carol Gattaz, que terá 40 anos em julho e tem tudo para enfim disputar, em Tóquio, a primeira Olimpíada da carreira.

Na lista desta sexta foram convocadas a ponteira Fernanda Garay e a central Carol, ambas do Dentil/Praia Clube, a central Carol Gattaz e a levantadora Macris, campeãs da Superliga com o Itambé/Minas, e a ponteira Natália, que jogou na Rússia na temporada passada.

Considerando também as chamadas na semana passada, o grupo de Zé Roberto para a Liga das Nações, que começa no mês que vem, tem por enquanto as levantadoras Dani Lins, Roberta e Macris, as líberos Camila Brait e Nyeme, as opostas Tandara e Lorenne, as ponteiras Fê Garay, Natália e Ana Cristina, a ponteira/oposta Rosamaria e as centrais Adenízia, Bia, Mayany, Carol e Carol Gattaz.

O treinador também havia convocado a central Thaisa, principal pilar da equipe, mas a bicampeã olímpica rejeitou o chamado e informou que está se aposentando da seleção brasileira para prolongar a carreira jogando em clubes — mais cedo, o Minas confirmou que renovou contrato com ela.

São 12 vagas no elenco que vai à Olimpíada e o técnico da seleção brasileira quer usar a Liga das Nações, que vai acontecer em formado de bolha, na Itália, para escolher o time que vai a Tóquio. Com as convocadas de hoje, o grupo chega a 16 nomes, que deve ser o número de atletas que irá à Europa. Mas ainda falta pelo menos uma convocação, de Gabi Guimarães, que joga na Turquia.

Na lista de hoje, a surpresa foi a ausência da ponteira Pri Daroit, que foi um dos principais destaques do Minas no título da Superliga. Bicampeãs olímpicas, Sheilla e Jaqueline poderiam ter sido chamadas já na primeira lista, e também não o foram.