PUBLICIDADE
Topo

Mercado da Bola

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Paulinho diz "sim" ao Corinthians e vai assinar por dois anos

Paulinho defendeu o Corinthians por três anos (de 2010 a 2013) - Mauro Horita/Agif/Folhapress
Paulinho defendeu o Corinthians por três anos (de 2010 a 2013) Imagem: Mauro Horita/Agif/Folhapress
Bruno Andrade

Mora em Lisboa desde 2015. Começou a carreira no LANCE! e depois virou correspondente internacional da Goal.com. Atualmente, trabalha também no jornal A BOLA e na TVI, ambos de Portugal - esteve antes no jornal O JOGO e Canal 11.

Colunista do UOL

08/12/2021 21h53

Paulinho é o primeiro reforço do Corinthians para 2022. Depois de uma longa negociação, o volante decidiu aceitar a oferta do Timão, num contrato válido por dois anos (até 2023) - fim do mandato do presidente Duilio Monteiro Alves, que aguarda apenas o término do Campeonato Brasileiro para assinar e oficializar o acordo.

Para voltar ao clube alvinegro, onde brilhou entre 2010 e 2013, tendo sido campeão da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes, o experiente jogador recusou avançar nas conversas com outros interessados, especialmente do Brasil.

Aos 33 anos, o ex-camisa 8 do Corinthians estava livre no mercado da bola desde setembro, quando, depois de apenas quatro jogos oficiais, rescindiu com o Al-Ahly, da Arábia Saudita. Passou a treinar no CT Joaquim Grava a partir de novembro.

No exterior desde 2013, Paulinho retorna agora ao futebol brasileiro trazendo na bagagem passagens por Inglaterra (Tottenham), Barcelona (Espanha) e Guangzhou Evergrande (China).