PUBLICIDADE
Topo

Julio Gomes

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Gomes: Vinícius Jr brilha para o Real Madrid na Champions antes do clássico

Rodyrgo e Vini Jr comandam vitória do Real Madrid na Liga dos Campeões - REUTERS
Rodyrgo e Vini Jr comandam vitória do Real Madrid na Liga dos Campeões Imagem: REUTERS
Conteúdo exclusivo para assinantes
Julio Gomes

Julio Gomes é jornalista esportivo desde que nasceu. Mas ganha para isso desde 1998, quando começou a carreira no UOL, onde foi editor de Esporte e trabalhou até 2003. Viveu por mais de 5 anos na Europa - a maior parte do tempo em Madrid, mas também em Londres, Paris e Lisboa. Neste período, estudou, foi correspondente da TV e Rádio Bandeirantes e comentarista do Canal+ espanhol, entre outras publicações europeias. Após a volta para a terrinha natal, foi editor-chefe de mídias digitais e comentarista da ESPN e também editor-chefe da BBC Brasil. Já cobriu cinco Copas do Mundo e, desde 2013, está de volta à primeira das casas.

19/10/2021 17h54

Depois de três jogos sem vitórias - dois pelo Espanhol e uma derrota surreal para o minúsculo Sheriff, em casa, na Liga dos Campeões -, o Real Madrid se recuperou. E na hora certa.

A goleada por 5 a 0 sobre o Shakhtar Donetsk, nesta terça, em Kiev, dá a tranquilidade necessária a poucos dias do clássico contra o Barcelona, marcado para domingo. O superclássico é sempre um momento gigante da temporada para os dois maiores clubes da Espanha, independente da situação de cada um. E chegar com quatro jogos sem vencer é sempre um pepino - porque o clássico pode salvar, mas pode afundar.

O interessante da goleada do Real Madrid na Ucrânia foi a formação desde o início com Vinícius Jr, Benzema e Rodrygo. Não era uma boa partida do time de Carlo Ancelotti no primeiro tempo, mas aí veio o presente. O pífio gol contra de Krivtsov. No segundo tempo, o time se soltou.

Em uma rádio espanhola, a observação foi de um time jogando "um futebol solto, como nos bons tempos com Zidane". Comparações à parte, o fato é que a formação com os dois brasileiros como auxiliares de Benzema funcionou bem demais. No primeiro, Vini Jr recebeu um passe "de bilhar", magnífico, de Modric. No segundo, fez toda a jogada em um autêntico golaço, passando por quatro adversários. Ainda teve tempo para Rodrygo marcar o dele (após assistência de Vinícius), com Benzema fechando o placar.

Assim, o Real volta ao bom caminho em um grupo tranquilo na Champions League - e que tem a classificação embolada só pelas surpreendentes duas vitórias do Sheriff. Hoje, o time da Moldávia levou 3 a 1 da Inter de Milão. Assim, o Real chega aos mesmos seis pontos do Sheriff, a Inter vai a quatro. Na próxima rodada, os jogos se repetem, mas com mandos invertidos.

O Barcelona terá um dia a menos de descanso, pois joga só nesta quarta, contra o Dynamo de Kiev (13h45 de Brasília). Precisa vencer, pois perdeu as duas primeiras na Champions - aliás, nunca perdeu três partidas consecutivas na máxima competição europeia e nunca começou tão mal. Mas o Barça já atuou após a data Fifa, venceu o Valencia no fim de semana e teve uma bela atuação de Philippe Coutinho, que marcou um gol.

Não será um superclássico envolvendo os melhores Barças e Madrid da história. Mas já estão melhor do que no início da temporada.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL